• Senryu

The Misfit of Demon King Academy

#anime #Crunchyroll #Aniplex #TheMisfitofDemonAcademy #MaouGakuinnoFutekigiusha

De começo eu confesso que não dava nada por essa serie (ainda mais que li o número um do mangá e não tinha gostado), mas ao saber que Jin Tanaka estava trabalhando aqui, só pra quem não sabe ele é um grande Produtor/Compositor de Serie (só apresentando esse trabalho, algumas equipes pra tirar o excesso de trabalho em cima do diretor e manter a continuidade da produção, se tem uma pessoa que se encarrega de conversar com os roteiristas pra manter a história coesa e quando os episódios são feitos, supervisiona o trabalho dos outros diretores pra manter a integridade da obra e os objetivos decididos pelo estúdio ou o diretor; tendo alguém pra fazer isso pode salvar obras ruins, como também pode agravar o que já é ruim em especial quando não se tem NINGUÉM fazendo isso como foi numa certa trilogia de Star Wars com uma certa Rey...).


E ao assistir tive uma grande surpresa, normalmente quando se tem um personagem extremamente apelão, a serie vai ficando com o tempo chata, pois não se tem perigos e nem ameaças, só se tem um show de aguardar o próximo "ato" indo no maneiro pelo maneiro, é isso tende a se esgotar rápido, levando a atração em si se esgotar rápido e por isso com um pouco de razão algumas pessoas e "críticos" usam isso de alvo fácil, pois é algo fácil de se bater e se negar a ver.


Mas esta é uma serie em que o diretor, o compositor de serie e os roteiristas tem bem ideia do que tem em mão; que não é nenhuma obra prima, que você não está trabalhando com algo primoroso como Shakespeare, mas trabalha com algo bem "raso", mas nossa a capacidade deles de brincarem e zoarem com os absurdos é excelente e essa capacidade deles torna esse anime em algo muito divertido.


Então lhes apresento um estilo de escrita e direção que põem um dedo na ferida nos críticos profissionais e é algo que eles evitam falar pois pode parecer hipocrisia; mas que acho que sendo honesto e falando honestamente disso deixa as coisas melhores, mais sinceras e honestas pra todos; que é um estilo de escrita que abraça o absurdo, que sabe que sua narrativa é ruim e faz tudo melhorar brincando com os seus pontos fracos pra ir tornando suas fraquezas em suas fortalezas, o que eu chamo de escrita de RPG de mesa (querem saber porque chamo dessa maneira??? Bons mestres sabem improvisar bem, sabendo que as coisas quase sempre não saem como planejado e todo mundo da mesa sai numa serie de improvisos, maneirismos e exageros que todos saem se divertido, mas se pararmos pra pensar...nossa não pensamos em nenhum segundo em consequências e peso desses atos...; um bom exemplo desse estilo é a serie da DC/Canal Warner Lendas do Amanhã).


Agora falado do que me trouxe aqui, vamos falar um pouquinho sobre as origens do The Misfit of Demon Academy (ou como alguns chamam o anime do Anos...ou do Maou na escola; e vamos convir entre a gente que o título completo da obra é muito longo), esta obra nasceu de uma de uma web serie escrita por Shu (esse meio de publicação é popular no Japão onde qualquer escritor amador publica suas histórias e as pessoas podem lê-las pelo celular) em 2017, quase um ano depois do seu lançamento a ASCII Media Works comprou os direitos da história e começou a publicar como Light Novel (tendo Shu escrevendo e Yoshinori Shizuma desenhando) em 2018, nasceu o mangá que é feito por Kaya Haruka, e ao mesmo tempo a história chamou a atenção da Kadokawa e da Aniplex que resolveram adaptar em anime, só que com a intenção de estrear em Abril (daí veio a crise e decidiram adiar a produção antes da estreia e só a lançaram na temporada de Julho).


Agora vou aos meus prós e contras, pra lhe ajudar a decidir e falar mais sobre a obra.


Foi bom

  • Essa serie sempre impressiona pelos detalhes, mas ela já começa a te criar um clima de a coisa é bem seria quando o Anos Voldigoad em pessoa "invade" a abertura (aliás curiosidade o dublador do Anos, Tatsuhisa Suzuki é vocalista de uma banda chamada OLDCODEX é ao saber disso, o diretor resolveu se aproveitar) e vem cantar o tema de abertura (isso aconteceu nos episódios 4 e 13) e essas mudanças dão ainda mais um "estilo único" a produção.

  • Ainda falando de abertura é excelente em como o diretor sabendo que a abertura é a melhor coisa que ele tem (musicalmente falando). É a coloca nos melhores momentos pra te introduzir no clima, seja convencionalmente abrindo o programa ou só aguardando entrar após alguma cena só pra ajudar o clima.

  • Em termos de animação esse é um dos melhores trabalhos da Silver Link, bom uso de CG´s combinado com animação convencional.

  • É tão raro um elenco tão entrosado, é acaba sendo uma serie gostosa de se ver e ouvir.

  • Esta é uma serie que te premia pela atenção e que te responde e indica certas coisas sem nem lhe dizer (por exemplo você nota todo o processo de Lay e Misa pouco a pouco deles se tornando um casal, você vê a evolução do relacionamento deles e por um bom tempo nada é lhe dito e quando "acontece" acaba sendo algo natural); aliás até com as piadas como o "harém" pessoal do Anos, você nota que não é tão como vou dizer pouco definido o "status de relacionamento" como comumente é, não vou spoilar com nomes (pois a "terceira" surge quase no fim da serie), mas dá pra notar que por uma sente piedade, outra ele trata como pupila e a ultima delas é a real favorita...; quem viu preenche isso fácil...).

  • A principal atração aqui é você topar a arrogância e os exageros do Anos e embarcar no humor distorcido que acontece usando isso, se você embarcar nisso? pode apostar que vai se divertir muito aqui! (mas admito que não é algo pra todo mundo, vai depender de coisas como se você abre uma consideração dentro da sua "descrença"; coisa que nem todo mundo pode fazer e se tá aberto a um estilo de escrita mais como vou dizer com a faca entre os dentes, que sabe que isso não é uma Brastemp, mas arrisca e tenta melhorar a sua fraqueza).

  • Aliás a serie é esperta em também tacar alguns detalhes só pra despistar de proposito e aumentar o mistério sobre o que houve após o "evento da paz" há 2000 anos, é no fim isso se paga muito bem, apesar do anime lhe levar ao "fim" já no arco do Anos Von Dilvania.

  • O primeiro arco é o ultimo são muito bons em te transmitem emoção e perigo mesmo com as "facilidades" naturais que um personagem apelão como Anos provoca numa obra, aliás...

  • Falando nisso a direção é os roteiristas são fabulosos em vários momentos chave em te passar perigo e ainda conseguir mandar exageros e momentos fabulosos como na cena do: "Acha que me matar vai me fazer morrer?

  • E ainda no meio desses exageros trata bem temas como discriminação, preconceitos, ódio e fé verdadeira.

Foi ruim

  • A parte sonora dessa serie é sofrível, seja por mandar os mandar os efeitos sonoros na hora errada ou seja por usar efeitos errados como o incrível momento em que uma espada batendo num galho!!! Sai como!? Um ressoar de metal contra metal! Isso é só ruim, não é engraçado e nem irônico...

  • Olha eu até entendo a função pra humor e pra falar de fé e confiança do coral das cantoras fãs do Anos, mas a exibição aérea rodopiando no ar como na abertura de MIss Kobayashi Dragon Maid que acontece no ultimo episódio, não foi nem engraçado e nem tosco o suficiente pra rir, foi só algo desnecessário e ruim...

  • Não é sempre, mas eu não gosto de algo que esse diretor fez que é se afundar em explicações de alguns absurdos, o que deixa as coisas repetitivas, essa serie já no episódio um já brinca com a regra de três (de algo feito pra humor usado mais de três vezes seguidas se torna estupido e burro), mas tem alguns momentos em que se repete perigosamente nos exageros e explicações, em especial no começo; e sendo honesto não é um festival disso, mas os poucos momentos em que acontecem doem...

Conclusão


Esta até uma serie fácil de recomendar, mas ao mesmo tempo é fácil de se saber porque as pessoas não gostaram; é uma serie feita por uma equipe boa e muito competente, e que bem ciente do que tem em mãos (que não é uma obra prima, só mais uma obra de um cara super poderoso que ninguém faz frente a ele), sabe trabalhar com seus pontos fracos e tenta ser o que é com uns extras! Uma serie de ação, com um humor que "te convida a brincar" com os absurdos que ela faz e no meio disso tenta falar sobre preconceitos, fé verdadeira e que ações valem mais em dizer quem você é, do que as aparências (aqui em alguns pontos é incrível em mostrar que as vezes as melhores pessoas podem ser terríveis e cruéis e as vezes até as piores pessoas se tiverem uma chance podem mostrar bondade).


Por tudo isso e sabendo que essa serie exige um pouco de "abertura" no senso de descrença (e por isso eu entendo porque você não gosta e também porque não entende as piadas), eu dou a nota 8,5; este anime se você se permitir, irá encontrar várias coisas que não encontra num anime desse tipo como: um elenco secundário solido e que acreditem se quiser fazem algo!, bons temas que nunca estão no centro do palco, mas ainda sim tem algum impacto, o que considero raríssimo nesse tipo de anime; geralmente em animes de personagens apelões que atropelam tudo, normalmente a sua atenção dá em nada, pois o principal vai atropelar tudo e fim de papo; mas aqui a serie te premia dando detalhes que podem parecer inúteis num momento, mas se rever ou revisar mentalmente o episódio fazem todo o sentido em ajudar a contar à história, responder perguntas e ainda te dar base "logicas" pra certas apelações do Anos darem certo...


Confesso que nem sempre é 100% certeiro, tem alguns defeitos no caminho e é algo que pode não agradar todo mundo, mas é raro ver algo nesse estilo fazer isso tão certo e tão bem montado; o que num "gênero" tão desgastado, acaba se tornando numa joia rara; mas deixo um alerta no fim, a serie foi muito sabia em deixar a trama bem fechada e com "poucos" ganchos pra continuação (como tudo baseado em alguma obra quase sempre deixa...), se houver alguma continuação com outra equipe? Eu não verei; mas se a mesma equipe voltar e pegarem outro ponto da obra (a light novel pelo que soube tá bem enrolada e até hoje não resolveu a trama dos; sim dos, são dois na obra original; falsos maous e evitar isso ia ser uma boa...) pode puxar a curiosidade, mas esse é o tipo de obra que terminou tão redondo que dar continuidade fica uma tarefa ingrata.

Quanto a disponibilidade a Crunchyroll tem a serie totalmente legendada em português.

Bem vindos ao meu reino de superpoderes e exageros Ilimitados!!!
O senhor poderia parar de ser um Edge Lord como o Kirito?
Como ousa me dar ordens e ainda me comparar com esse lixo!

Trailer

Links Uteis

Site Oficial de The Misfit of Demon King Academy (em inglês, versão ocidental)

Site Oficial de The Misfit of Demon King Academy (em japonês, versão oriental)

The Misfit of Demon King Academy no Wikipedia (em inglês)

The Misfit of Demon King Academy site da web novel (em japonês)

The Misfit of Demon King Academy site da light novel (em japonês)

The Misfit of Demon King Academy site do mangá (em japonês)

The Misfit of Demon King Academy no My Anime List (em inglês)

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com