• Senryu

Scooby!

Atualizado: Set 14

#Scoob #Scooby #ScoobyDoo #WarnerBros

Quando começou esta crise do vírus C, os estúdios resolveram experimentar uma nova maneira de lançar filmes, que é lançar filmes direto pra streaming, mas com uma mudança que é dar a experiência de cinema de modo mais "imediato" e em casa; é sinceramente isso mim? Isto vem sendo uma grande e cara experimentação que não dá atrativos o suficiente pra pessoa ter pressa e não "esperar" por "esta atração" sair num Netflix ou Telecine da vida, o que pouparia muito dinheiro.


Mas decidi dar a melhor chance possível a esse método, pra quem não sabe a Warner estava dando um grande tratamento a este filme no Brasil com anúncios no Cartoon Network e na mídia especializada, trabalhando com os fãs pra aceitarem uma nova e "oficial" passagem de tocha pra uma nova geração de dubladores (o elenco já teve várias mudanças rápidas, mas sempre mantendo Orlando Drumond como o Scooby-Doo e alterando vez ou outra alguém do elenco com resultados mistos, até que na penúltima temporada de Mistério S.A em 2012, eles dublaram a serie mudando todo o elenco e não chamando o Orlando pra reprisar o papel de Scooby-Doo, isso gerou várias brigas e por um bom tempo a WB ignorou as reclamações de fãs e foi trocando o elenco direto sem "oficializar" um novo; temos que levar em conta, o elenco "original" já é bem idoso, Orlando Drumond com mais de 100 anos!!! Além disso Mario Monjardim já disse várias vezes que nunca mais faria o Salsicha sem o Orlando dublando o Scooby-Doo...É a voz do Freddie no Brasil nunca foi uma constante e antes de 2012 e já tinha trocado de voz cinco vezes...e depois disso ainda mudou mais duas! Então pra mim essa mudança alguma hora iria acontecer "oficialmente"; é do extra que eles já sabiam que nos USA a troca total de vozes por atores de Hollywood, com a exceção do Scooby-Doo foi um desastre publicitário), mas mundialmente fizeram um bom trabalho de publicidade pra fazer este filme ir bem nos cinemas.


Daí veio a crise, os cinemas fecharam é a Warner numa decisão claramente intempestiva e motivada pelo momento, decidiu testar "mercados" como todo mundo e lançar o filme mundialmente em stream (se chamar lançar de "mundial", só conseguir lançar em três países: Canadá, USA e Irlanda; então temos um novo entendimento de "mundial" e ele é bem ruim); é claramente as filiais tiveram que se virar nos trinta como podem ver aqui (só avisando no Brasil a data do IMDB tá errada e o filme foi adiado três vezes antes de finalmente sair em 06/08/2020).


E claramente a publicidade fez de tudo pra ajudar, inclusive chegaram ao ponto de criar uma super fofa pré estreia mundial na sua casa no site em inglês; que se você for fã de Scooby-Doo aconselho ver, que seria um extra absurdamente bem vindo nos sites de streaming e daria um bom motivo pra um gasto há mais; mas se não sabem sites de streaming costumam não oferecer extras pra maximizar o espaço, custos e o aluguel; o que me leva a mudar um pouco de polo é questionar? Esse é o futuro!? O mesmo preço pra eu "obter algo" que no dia que o servidor se for!? Eu perdi esse algo pra sempre e ainda por cima oferecer menos? E eu tenho que pagar à mais por isso!?


É isso foi agravado por lhe cobrarem a "pipoca das crianças" no custo básico do filme (o que aliás todos os filmes que usaram essa "experiência" de cinema em casa, usaram pra justificar o custo; que eles não estão sendo vendidos pra uma pessoa, mas famílias) e cobrar R$ 69,90 pela compra e absurdos R$ 49,90 pelo aluguel, com certeza isso não ajudou em nada.


E ao ver o filme? Isso me fez ver que tinha mais coisas erradas (mas isso vou detalhar nos prós e contras e principalmente na conclusão); pra mim é um filme feito com coração (nisso a publicidade não mentiu), mas que ao mesmo tempo tenta ser tantas coisas e trata várias coisas ao mesmo tempo que fica algo feito com carinho mas completamente perdido e esse lançamento simboliza bem o resultado de algo que sempre foi este filme: Algo feito com amor, mas apresado, bagunçado e mais uma vez tentando reinventar Scooby-Doo...


Foi bom

  • O começo é excelente, apesar do traço, me faz lembrar a fase dos anos 90 com O Pequeno Scobby-Doo (mas sem o "expressionismo a lá Tex Avery), trouxe a nostalgia da maneira certa e alimentando momentos com imagens e sons é isso fez esses primeiros dez minutos (salvo uma coisa), em algo fabuloso é o melhor momento do filme.

  • A troca de elenco foi boa e em especial no caso de Salsicha e Scooby-Doo; OK! o texto não ajuda muito, mas o elenco é bom de improviso e as poucas piadas boas saíram disso dos improvisos, o que torna ainda melhor ver este filme dublado em português.

  • O som ajuda o tempo todo em te lembrar as melhores fases do Scooby-Doo muitos sons puxados da serie original e de O pequeno Scooby-Doo (mas quando to falando de som e nada do roteiro; já podem notar que vem algo aí...).

  • O Bionicão ainda é o mesmo personagem e garante algumas risadas e bons momentos.

  • O encerramento é charmoso e fixa as possibilidades de uma grande franquia da Hanna Barbera, absurdamente melhor que o filme (como vou explicar isso; o filme te taca montanhas de coisa pra absorver, se entender e as vezes os personagens saem dos trilhos, nesse encerramento tem migalhas bem simples e tão interligadas que você as aceita mais naturalmente).

  • O 3D do filme é excelente e consegue passar a "realidade" do cenário como também a expressividade dos personagens como se fosse 2D, quem me dera que tivessem feito algo com esses visuais.

  • A ideia de criar um home Premier do site americano é genial! Deveria ser algo que DEVERIA ESTAR JUNTO DO FILME! Mas como foi lançado!? Vou dar umas dicas na minha conclusão de como você se aproveitar disso!

Foi ruim

  • Este filme é doloroso de se ver em inglês, Frank Welker tenta literalmente de tudo pra salvar o filme, mas um ator bom não salva você de um elenco péssimo; num caso raro eu peço que evite ver este filme em inglês pois tudo piora em inglês.

  • Só tem uma coisa que atrapalha o começo! O sotaque ultra nordestino do "pequeno Salsicha", no resto do filme tá na medida certa, mas nesse começo a coisa fica tão bizarra e forçada que qualquer um nota o problema, como deixaram passar isso na edição!? Sério, sou filho de Nordestinos, visito vez ou outra minha família e nem Nordestinos falam assim! O "pequeno Salsicha" saiu horrendo apesar de se notar a emoção na voz? Eu repito o sotaque foi horrendo e surreal!

  • Duas coisas, uma que participação forçada do Simon Cowell, a segunda é como eles disparam a segunda metade da trama; claramente quem escreveu esta cena não conhece Scooby-Doo e comete nessa cena a mesma atrocidade que acomete em todas as continuações arruinadas de Scooby-Doo, que chamo de método Scooby; primeiro vou descrever a cena pra chegar no que chamo de método Scooby; Simon começa a ilustrar as qualidades da "gangue" da Mistério S.A com Freddie como os músculos, a Velma como o Cérebro e a Daphinie como o carisma, mas quando chega no Scooby e no Salsicha? Os chama de peso morto!? E imediatamente os dois tem um ataque de ciumes e dão o fora!? Olha por anos, o que os uniu foi amizade, por anos ambos foram chamados de idiotas, covardes, peso morto e inúteis e por anos eles provaram seus valores e SEMPRE aguentaram calados palavras como essa; muito porque sabiam que as pessoas podiam ter uma "certa razão", mas era uma questão de esperar pra mostrar que eles não tinham um "talento pro mistério", mas que o esforço em ajudar os amigos sempre deu frutos de uma maneira ou de outra; por deus já fizeram dois filmes trabalhando de diferentes maneiras o papel de cada um da Mistério S.A e o quanto Salsicha e Scooby são valorosos pelo esforço e coração como nos filmes Scooby-Doo e a Escola Assombrada (em que Salsicha e Scooby resolvem dedicar a vida como professores e vão parar numa escola bem "especial") e Scooby-Doo e o Fantasma da Bruxa (em que a turma fica por anos separada e se reencontra pra um programa de TV que corre de um jeito fora do programado...), aliás recomendo que vocês vejam esses dois filmes; mas trocando de assunto aqui, venho falar por alto do método Scooby, que é pegar algo de sucesso e pra garantir o seu sucessoem spin offs ou continuações, se fazem pesquisas (geralmente de opinião), daí se pega os principais fatores de sucesso e se foca neles e ignora (ou remove) qualquer outra coisa que ajuda no sucesso pra que se corte custos e se foque no "principal", as vezes isso dá certo, mas na franquia Scooby-Doo isso NUNCA deu certo!!! E essa cena no filme foi puro isso! Só pra criar um ataque de ciumes completamente fora dos personagens e separar a turma na maior parte do filme com uma literal abdução de Scooby e Salsicha pra "dentro da caixa" e deixando o resto da turma de fora...; pra mim esta é a pior cena do filme em disparado e sintomas que se tinha algo bem errado aqui...

  • O que nos leva a chegada da pior versão do Falcão Azul e que atrapalha 90% do filme, olha no passado já tentaram integrações do "universo Hanna Barbera" como o "Falcão do Frank Miller" da série Mistério S.A (e que de certa forma mantinha o que o personagem é! Um herói inspirado no Batman) é alguns podem defender o Falcão desse filme puxando o Falcão clássico; mas em defesa do Falcão clássico, ele parecia um Batman no ano um, antes mesmo da HQ surgir, era alguém começando esse trabalho de caçar bandidos, que cometia erros da inexperiência é isso junto com os "improvisa aí" do Bionicão, criava um bom humor e uma boa dinâmica do herói trapalhão e do ajudante dedicado que se vira pra que o herói tenha sucesso, e dentro das milhares "imitações" da dinâmica homem e cão da Hanna Barbera? Esta era memorável por isso! Mas o que temos nesse filme? Um idiota, covarde, que do nada no fim do filme cria coragem e vira uma copia carbono do "pai", só que mais idiota!? Não obrigado prefiro o "Falcão do Frank Miller" de Mistério S.A...ou melhor ainda! O original!

  • Olha eles podiam criar um bom mistério no filme com o vilão certo e as cenas certas; mas o que se tem é tudo tacado na tela! E mistério nenhum! Além de um desperdício do uso do de um dos melhores vilões da Hanna Barbera, o Dick Vigarista.

  • Ainda no tema...do incrível filme de Scooby sem mistério, nada aqui é achado ou investigado, tudo é dado aos mocinhos, no máximo se omiti informações do publico; num exercício de como vou dizer? De como poderia ser melhor este filme! Eu trocaria o vilão pelo Tião Gavião! É sério! Ele é um natural mestre dos disfarces (uma característica natural dele e que quase nunca o Dick Vigarista usava; aliás isso parece uma confusão comum de quem desconhece as franquias da Hanna Barbera) é ele cabe num mistério e com disfarces quase como uma luva! Manteria a trama do Péridas e do Falcão Azul, mas o colocaria muito mais tarde na trama e colocaria ele trabalhando com a turma procurando o Scooby (aliás eu faria o Scooby e Salsicha serem sequestrados pelo Tião Gavião logo no começo! E faria um monte piadas com eles fugindo e sendo presos de novo...), eu acho isso melhor do que o que foi feito no filme e principalmente!!! NADA DE PODRINHOS!!! São bichos fofos e imitações dos minions, mas sem a graça e o "charme" deles; eles só estão no filme pra serem literalmente um "minion ex-máquina" é salvar os heróis quando preciso.

Os "podrinhos", sério que deram minions pro Dick Viagarista e ainda erraram algo tão "básico" por não saberem usa-los!?
  • Pra que o Capitão Caverna? Deus do céu! As piores piadas veem desse trecho! Foi de longe o personagem mais forçado a aparecer no filme e o mais fora do personagem.

  • A subtrama da coleira foi outra forçada é isso fica mais destacado pela ótima animação, pois você vê a expressividade das duas cenas "simbolo" dessa trama e os seus extremos, é daí tu pensa? Que diabos de sentido isso tem? A relação de ciumes é forçada! E cometem o mesmo erro e no mesmo filme de novo!!! Só usando outra motivação...por nisso to tendo um déjà vu da cena do Simon Cowell!?

  • O fim até melhora algumas coisas, até tem alguma piadas, tem cenas boas e memoráveis que com as cartas certas poderiam cimentar uma continuação e fechar com um fim corajoso! Mas jogam tudo fora! Só pra fazer um fim feliz do nada!? Vamos a duas coisas: To doido ou Dick Vigarista NÃO foi um vilão aqui? Sim to defendendo o Dick Vigarista, pra verem a que ponto esse filme chegou...Pois tudo o que ele fez no filme foi pra salvar o Mutley, aliás a cena que ele ignora literalmente uma fortuna em ouro e vai abraçar o seu fiel amigo é uma das mais tocantes do filme! E dentro dos personagens! Pode se questionar os métodos dele? Sim, mas pergunto a vocês ele tava errado? Ele era o "vilão"? Tirado uma cena com um podrinho...Este foi o vilão menos "vilanesco" e mais tendendo a um entendimento com palavras que existiu e aliás o filme ignorou isso! É a outra "coisa" e a mais imperdoável; a solução pra uma certa separação de amigos que "surge" literalmente tacada na frente dos mocinhos...isso leva a um drama previsível e com solução mais previsível ainda! O que leva ao pra que desperdiçar nosso tempo? E sabem o que mais me doí? Era um gancho corajoso pra outro filme que é desperdiçado!

Conclusão


Olha se eu coloca-se na introdução o que a WB "escondeu" e só descobri pesquisando sobre este filme? Vocês correriam desse filme como o diabo da cruz, como os cinco anos de produção, as três trocas de diretor ou os seis roteiristas...


Este é um filme que apesar de ter coração e cuidado, é um filme que tenta ser muitas coisas e falha na maioria delas (tenta ser um "memorial" de Scooby-Doo, tenta ser uma introdução ao universo Hanna Barbera e finge ter um mistério, no fim faz nada direito, mas...não vou negar que tem algumas boas ideias no caminho).


Acreditem se quiser pra mim é um filme nota 5,5; o elenco nacional é bem simpático e consegue alguns bons improvisos, tem algumas ideias que se fossem feitas de um modo diferente? Quem sabe as opiniões gerais fossem diferentes?


Mas isso leva há algumas questões? Ele vale o seu preço? Não, aliás filme algum por enquanto vale ser lançado desse jeito, nessa crise era um assunto que eu queria falar, e ao conhecer a campanha publicitária de Scooby! Achei que era uma grande oportunidade, pois sem querer a WB com sua campanha de marketing fez algo diferente e que os outros filmes não tem pra justificarem e valerem esse tipo de lançamento e que deveriam fazer! Ter extras nos seu lançamento! Pois filmes não só eventos pra se juntar família, são momentos pra dividir histórias e conversas em família! Ao menos na minha sempre foi assim...


Então por isso lhe dou uma sugestão! Vá no site americano de Scoob! (aliás outro erro da WB, pra que mudar o título de local pra local? Isso diminui a força do seu próprio filme e cria uma separação de tags inútil, desnecessária e ainda causa confusão no consumidor final!), vá em home premier e veja um especial feito com os atores e "todo" o pessoal que participou do filme e veja (infelizmente isso só está disponível só em inglês) todos eles falando da importância do Scooby em suas vidas e o quanto foi divertido participar nesse filme, depois disso? veja o filme! Digo e repito é imperdoável esse material não estar junto do filme! E nem no site nacional.

Disponível pra aluguel ou compra por streming na Microsoft Live, Youtube, Google Store, Apple Store, Vivo Play, SKY, TMWPIX, Vero, Uol Play, Watch e Now por R$ 49,90 pra Aluguel e por R$ 69,90 pra venda.

O começo acerta certeiro na Nostalgia!
Podem ler acima como uma arte dessas pode dar tão! mas tão errado...

Trailer

Links Uteis

Scooby! no IMDB (em inglês)

Warner Bros do Brasil, Site oficial do Brasil pra Scooby! (em português)

Scoob! (site oficial em inglês e aqui tem o home premier)

Scooby-Doo (quase tudo sobre toda a franquia Scooby-Doo no Wikipedia em português)

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com