Sakura Wars: The Animation (2020)
  • Senryu

Sakura Wars: The Animation (2020)

#SakuraWars #Sega #Sanzigen #anime #Funimation

Chegou o "fatídico" momento em que eu ia ter que "prestar contas" e falar sobre este anime! Sinceramente depois dos três primeiros episódios? Ele não estava no meu radar, mas veio a crise e ele foi um dos sete animes que conseguiram terminar a temporada sem problemas...é o "idiota" aqui ao invés de ir atrás do que "deixei pra trás"? Acabou indo ver isto aqui..., antes da minha opinião, vou falar um pouco do histórico da franquia.


Sakura Wars nasceu nos videogames em 1996 como um RPG que misturava elementos de visual novel (mais tarde adicionou elementos de simulador de encontro que nunca mais saíram da franquia), por um bom tempo foi muito famoso nas conversas de fã de RPG, mas nunca tinha ganhado um lançamento no ocidente até a Nippon Ichi apostar e lançar o game Sakura Wars So Long My Love em 2009 (pra PS2 e Wii); só que as vendas no Japão e no Ocidente foram bem fracas e a SEGA resolveu por a franquia na geladeira por um tempo, até recentemente quando resolverem juntar uma nova equipe (muitos veteranos de outros games de Sakura, que foram chamados pra trabalhar diretamente pra SEGA, nesse game a SEGA abandonou a Red Entertainment e fez o game por conta própria), a equipe decidiu que um soft reboot seria uma boa ideia; só na minha opinião como eles montaram esse "reboot" e que foi "confuso"; primeiro pegaram alguns elementos do jogo original de Sakura Wars, montaram todo um elenco novo de personagens, depois juntaram com elementos de história de So Long My Love e daí nasceu essa salada chamada Sakura Wars que saiu pra Playstation 4 em Abril de 2020 no ocidente, aliás pra bem saberem o game conta uma história e este anime conta uma outra história que é uma continuação "independente" dessa "linha de história"!? ("Traduzindo!" Uma história diferente do jogo, sem ter "nenhum" elemento dele e nada haver com a série que passou no Cartoon Network).


O design de personagens é liderado por Tite Kubo (pra quem não lembra, ele foi o criador do mangá Bleach), mas lembrando que no game foram chamados vários artistas pra colaborarem e na série de TV foi tudo "adaptado" por Yukiko Horiguchi, e vamos dizer que teve uma grande tarefa de adaptar tudo que foi jogado no game num 3d "estilo anime" pra esse anime (mas no game tudo foi feito com a engine do jogo, o que lá se levava a não ter diferenças entre as CG´s é o jogo em si); mas...(suposição minha) o anime foi feito em outra engine é o resultado disso vou detalhar depois...


Esse anime viveu de muitas coincidências e atrasos; era pra sair em Dezembro de 2019 pra promover o lançamento do game no Japão e atrasou, daí só soltou o seu primeiro trailer em Janeiro (aliás justamente no dia do aniversário de vinte e seis anos de Sakura Ayane, a interprete de Sakura Amamiya), o game pra América também sofreu atrasos (com direito a um grande patch de lançamento e DLC de compensação) é no fim ambos perderam o aniversário de 60 anos da Sega (em março), olha já aviso que ambos os projetos dão sinais que a SEGA teve grande pressa no lançamento de ambas as produções (game e anime) e isso se reflete nos seus resultados.


Vou me focar aqui nos acontecimentos do anime e nos elementos que eles explicaram no anime, pois não joguei o game e to indo na perspectiva de um "novato" (eu já joguei os games antigos e até tenho e também vi a série original que foi lançada nos 2000 e passou no Cartoon Network) e com essa "visão" que assisti onde este reboot "leva"? É nossa!? Pra mim? Como afundei a cara no chão..., mas vamos a um pouco da minha opinião nos meus pontos! Pra deixar bem claro a questão que essa série tem pra "novatos".


Foi Bom

  • Os mechas em animação, movimentos e poses estão sensacionais, mas o problema na animação mora que só neles a produção teve um cuidado imenso! Já em outros pontos.

  • Alguns cenários não vou mentir, estão muito bons! Ver uma Tóquio Steam punk dos anos 30 foi fabuloso na maioria das vezes!

  • A abertura com Genki! Teikoku Kagekidan - Shinsou! é o encerramento com Sakura Yumemishi foram boas escolhas; a abertura trouxe todo um clima de nostalgia que foi, vamos dizer, comercialmente uma boa escolha, mas pelo que foi mostrado...era pra ter ficado no game pois se encaixa melhor lá..., mas isso é meio um "veio reclamando".

  • A série teve alguns episódios bons de ação como o 1, 8 é o 12; além de um bom no humor que foi o 7 e outro em desenvolvimento de personagem como o episódio quatro com a Hatsuho Shinonome.

  • Já falei dos mechas? Bom só complementando o design deles na maioria são bem legais, elegantes e passando na "cara" deles de onde foram feitos.

Foi Mediano

  • Olha eu tenho quase certeza que usaram nessa serie captação de atuação (algumas series, pra animar bem e ganhar tempo na pós produção usam dessa pratica como por exemplo Ultraman do Netflix fez), mas aqui temos momentos em que os personagens parecem bonecos de posto sem esqueleto! Ou em outros são lindos e fluídos como uma certa bailarina ao luar! A culpa é mais talvez da inexperiência da Sanzigen com o software 3d que usaram ou de terem captado pouco as atuações (por exemplo o Ultraman que citei fez 100% das cenas com captura de atuação!), pois se nota grandes flutuações nas animações de personagens e nas cenas com gente... e sabem da pior? A companhia apesar de nova, já fez um bom trabalho nas CGs do game e também em outras séries como ID-0!

  • Ainda sob animação, no começo da série se sente mais que tiveram muita dificuldade de por expressões mais de "anime" nos rostos dos personagens é na maioria das vezes os resultados eram muito repetitivos, a coisa melhora nos episódios finais, mas fica aquela impressão que abandonaram o começo da serie nesse aspecto...

  • Eles tentam encaixar um humor bem peculiar e clichê, algumas horas puxa umas risadas e as vezes se dão bem pela situação montada como no episódio sete, mas as vezes mais atrapalha do que ajuda como no episódio oito

  • Deram boas explicações pro comportamento da Leyla, mas como montaram uma certa virada dela, foi manipulativo e horrendo demais...

  • Tem boas cenas de ação, mas já até adianto os episódios em que estão: 1, 3, 11 e 12; mas também adiantando a questões? Sim! eu sei que o foco da serie foi no mistério sobre Moscou e o que houve lá, mas quando o mistério é fraco? A série apostou também em humor e ação! E do que vou chamar de três pilares feito pelo diretor, o que funcionou? Só um deles, somente a ação foi boa! É ao menos isso salva do fracasso total...

  • A trilha sonora foi do belo ao horrendo e as vezes isso acontecia no mesmo episódio, de trilhas que empolgam à sequências de ação inteiras sem musica!?

Foi ruim

  • Olha o elenco foi muito no automático, a direção apostou que quem jogou o jogo, viria pra cá direto e não desenvolveu quase ninguém do elenco e acho que isso se refletiu nas atuações; sério se seu nome não for Clara, Sakura ou Hatsuho? O Resultado é que "vocês" só servem pra piadas e variações disso com fofoca...; é um "pecado" não desenvolveram o resto do elenco da opera, nem a coitada da Sumirê; aliás o capitão some da série e só participa em cinco episódios! E nem o elenco de apoio se salva! Só estava lá pra servir de escada de piadas com seus estereótipos!

  • O plot? Na verdade é bem simples! Tão simples que mesmo falando por alto vou acabar entregando tudo! Então se quiserem pular pro próximo ponto podem fazer isso agora! Já foi? Ok Lá vai! É o bom e velho organização ultra "apelona" chega e mostra o seu poder e o interesse em menina loli, menina loli, que não lembra do seu passado e nem do que causa o interesse nela, menina loli mostra com o tempo que tem poderes extraordinários, e organização se mostra malévola, além de se revelar no exato momento em que os heróis descobrem e tem provas que eles são do mal! O vilão revela o seu plano malévolo com direito a discurso!!! Mas o que seria seu plano de dominação mundial! Ops na verdade planos de se tornar deus!!! E destruir a humanidade!? (pois é, conquistar o mundo é tão "démodé") Só posso dizer sério mesmo!? Eles tentaram fazer todo um trabalho de mostrar vilões simpáticos no decorrer da série, pra que? Pra jogar isso fora no fim da série, como se fosse uma máscara e nos dar o mais genérico dos genéricos dos tipos de vilões! O cara que ganha poder, parece simpático, mas na verdade é um grande idiota!!! Com complexo de deus!!!

  • A serie cria todo um conjunto de regras pra usa-las contra ela mesma!? No começo era interessante o mecânico falando de o quanto cada Koubu é único e acertado especificamente pro seu dono! E daí me veem duas coisas que demolem isso por completo, o fatos da Sakura "detonar" durante a série três Koubu´s diferentes (o type 4 dela, diga-se de passagem duas vezes, o type 2 da "outra" Sakura e o Ubu, que parece um gundam é tem um design bem legal, mesmo tendo somente um "olho"), junto com o fato da Clara ganhar o seu próprio Koubu transformável!!! Com direito aos Koubu´s das outras divisões aparecerem todos juntos num imenso fan service! É Koubu pra você e você, É Koubu pra todo mundo!!! É isso meio que ridiculariza o mecânico e a Sumirê é o que falavam do cuidado que tinham que tomar com as máquinas e suas raridades...

  • Podiam ter aproveitado muito do tempo livre pra desenvolver ao menos a Anastácia (a minha favorita em aparência e "presença"), a Claris e a Azami, poxa ao menos elas que fazem parte do elenco principal, mas desperdiçaram um monte de tempo com fofocas, briguinhas bobas de quem fazia amizade primeiro com a Clara ou em momentos de ciumes do capitão (que nem estava lá!!!) e no fim não desenvolveram nada delas, aqui elas só foram as colegas genéricas da Sakura, se não fosse ter um episódio próprio e ser a "preferida" do diretor a Hatsuho teria o mesmo destino...

  • Sério mesmo fazerem Golens com o mesmo ponto fraco é o "chefão final" ser o mesmo Golem só que maior é com exatamente o mesmo ponto fraco e ainda exatamente no mesmo lugar!? Com ele sendo destacado no design e pra "premiar isso" ele tem que ser indicado as todos pela mestra da Sakura, a Hakushu Murasame, pra aí sim poderem atacar!? Me desculpem mas tem limites pra burrice e falta de credibilidade em ficção.

  • Eles poderiam ter posto elementos em que fizessem a divisão das Flores terem duvidas se estavam atacando gente controlada ou robôs, seria mais dramático e justificaria certas "seguradas" na mão da pilotagem, que ainda por cima justificam os Kubou´s fracos do começo e fortes no final..., mas quando o plot abandonou isso, eles esqueceram de parar de "segurar a mão" e elas lutavam ainda meio "presas" quando no "corredor do chefão" é isso só piorou com um certo problema que a Sakura teve...

  • Tem traduções em português, mas as duas que vi tem sérios problemas quanto a termos militares, pois usa termos "velhos" ou esquisitos como a revista imperial de Tóquio!? O termo revista (aliás nem nos anos 30 onde se passa essa história o exército não usava mais esse termo; quem usava eram só trupes fixas de teatro e somente quando viajavam pra outros teatros. É a divisão da Flor é um elenco fixo no teatro em que estão!!! Então trupe, elenco e até tropa é mais certo!), aliás não se usa à anos o termo revista, todos os exércitos modernos usam hoje divisão ou grupo pra tropas menores e especializadas (mesmo as sub tropas menores, são assim!) é doí ver os termos errados.

  • Foi disponibilizada pela Funimation no Ocidente; só que no mesmo esquema de sempre, manteve com bloqueio de IP, só disponível pra os Estados Unidos e se "esqueceram" da América Latina, que já tinha visto a série anterior no Cartoon Network; mas recentemente anunciaram a sua vinda pra Brasil e México e se tem boatos das coisas que estão dublando..., então quem sabe...do futuro...

Conclusão


Já de saída posso dizer que esta não é uma serie nada convidativa pra quem não conhece o game, talvez eles partam do princípio de conheça o game primeiro, lá você sabe bem quem são essas personagens e daí, que você deva ver esta série.


Mas eu estou partindo do princípio de quando se quer ir em diferente mídias modernas e apresentar algo? Apresente tudo! Nem que faça isso rapidinho, vai ajudar a quem já conhece, pondo "referências" e quem não conhece, acaba sendo apresentado a esse elenco novo; o que aqui nos leva à um problema oposto da série clássica de 2000, lá se perdiam vários episódios apresentado cada integrante da divisão flor, o elenco do teatro e a trama principal corria de fundo e só lá pra metade final da série é que essa trama principal efetivamente anda; aqui nessa "versão 2020" se parte do princípio que você já conhece todas elas e vamos nos dedicar ao que há de novo, só que isso leva à novos problemas!


Você tem uma série que mal apresenta os seus personagens, que foca num mistério que vai ficando cada vez mais na sua cara a resolução dele; considerando que as cenas no miolo dele não compensam essa "espera" pela revelação, mas dizer que foi só o roteiro fraco que derrubou isso seria injustiça! Na verdade isso pra mim é igual a queda de um avião, foram diversos fatores que não me agradaram e me levaram a nota que vou dar que é nota 2,5! Eu poderia tentar melhorar essa nota e defender isso com as partes de ação, mas pesando bem, mesmo os momentos de ação sofrem com inconsistências como nos episódios 10 e 11 em que algo surge do nada em cena e eu me perdia nos referencias em cena e isso pra cenas de ação é péssimo! Tem até alguns designs e personagens interessantes, mas como indicar isso? Se mal falam sobre si mesmos! Mal se explica como se entrosaram a equipe e aqui tentam focar na Sakura, mas as vezes parecia mais que a Clara era a protagonista é se esqueciam de quem também era protagonista nos games que era o capitão Seijurou (aliás ele mal aparece na série inteira!), some isso com um humor fraco, um enredo horrendo e previsível, animação inconsistente e com um conjunto nem aí se você conhece ou não a franquia? Só posso não recomendar, mas como tudo que avalio, pegue tudo o que falei e se ainda você tem o plus de ter jogado o jogo, avalie bem e decida quem sabe isso passe "melhor" pra você como algo mediano? Ou só pra fãs maníacos? Pra mim foi algo altamente não convidativo e bem inconsistente que sempre em maior ou menor grau passou a sensação de algo que poderia ser melhor, mas a medida que os vários erros foram se acumulando, isso fez a minha experiência piorar! Até em momentos que deveriam ser bons! Não é a pior coisa que já vi, mas me faz sentir pena do potencial desperdiçado aqui, acho que assim como nunca a companhia da Flor conseguiu montar uma peça de Momotaro, eu nunca vou ver um anime de Sakura Wars que não seja mediano ou fraco...


Disponível pra assinantes na Funimation (mas vai receber um Ip block deles, então procurem no tio Google Sakura Wars The animation legendado em português, que vai achar bem fácil pois bastante gente legendou ).

Preservem as Lolis!!!
Os mechas até são excelentes em ação! mas...
Onde será que já vi estes rostos antes!?

Trailer

Links Uteis

Site oficial do Game (em inglês)

Site oficial da serie de TV (em japonês)

Guia de episódios no IMDB de Sakura Wars

Elenco e equipe técnica de Sakura Wars no MAL (em inglês no My Anime List)

0 visualização

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com