• Senryu

Saint Seiya/Cavaleiros do Zodiaco (2019)

Atualizado: Mai 3

#SaintSeiya #CavaleirosdoZodiaco #anime #toei #netflix

Esta série nasceu de mais uma tentativa da TOEI de emplacar Saint Seiya/Cavaleiros do Zodiaco nos Estados Unidos, pra isso contrataram uma sala de roteiristas bem experientes com animações americanas de ação e deram a liderança dos roteiros à Eugene Son, mas a animação e direção seriam no Japão e isso tranquilizou um pouco a fã base até sair o primeiro Trailer na CCXP 2018; cujo o lançamento causou problemas por causa de criticas como a "troca de sexo" do(a) Shun, o estilo de animação e os cavaleiros lutarem com tanques e helicópteros!?


Muita gente reagiu violentamente em rede sociais ao ponto do Eugene Son fechar o seu próprio Twiter!, várias criticas online já condenaram a série antes de ser exibida! E sinceramente já vimos muitos trailers ruins de boas séries.


É ainda o Netflix numa manobra "esperta" divide a já anunciada temporada com doze episódios em "duas temporadas" de seis episódios, o que se pensarmos bem foi uma manobra pra por uma amostra de episódios, pegar o feedback deles e ajustar pequenas coisas da segunda leva pra apostar tudo numa próxima temporada nova!


Antes de começar os meus prós e contras, vou deixar algumas coisas sobre mim e essa franquia e como encarei pra você ter uma ideia de "como" eu localizei estes pontos!


Eu vi na minha infância a série original na Manchete e assim como muita gente na época fiquei impressionado pela ação, a violência, a verborragia é as musicas e assim como muita gente! devorei cada exibição até ela ser finalizada com a exibição de Poseidon (o que na época era tudo que a série tinha), passaram os anos e veio Hades Santuário e trouxe um pouco da minha curiosidade de volta, mas com o tempo envelheci mais e com os problemas da série pra animar o resto do mangá em série isso me afastou o interesse, até a série voltar completa no Cartoon Network é eu sentir o que as pessoas chamam de a série envelheceu mal (vamos ser sinceros isso é o processo de coisas que você viu na infância achava maneiro sem pensar nos detalhes e quando adulto você para e pensa? E se vê num porque diabos eu vi isso?).


E sinceramente até hoje não re-encarei revê-la toda e olha que vi Cavaleiros do Zodíaco Omega completa! (esta série será assunto pra algum outro dia), mas buscando as minhas memórias? Eu posso fazer uma teoria! Talvez seja pela "verborragia" filosófica nas lutas (hoje em dia pensando? Nossa como essas conversas retardam e pioram as lutas! principalmente as de começo e as "extras" do começo! Leia-se Docrates, caveiros negros e Cristal), talvez a violência exagerada (que não se vê hoje em dia) ou pelo cenário interessante! mas muito mal explorado; mas que dele se escapa uma mensagem bonita! Não espere e fique sentado esperando um milagre! Se quer um milagre? Se mova, teime, lute pelo milagre pois esta partícula só é concedida por qualquer deus que seja se tiver o fator humano de tentar e se levantar novamente toda vez que cair!


O que me leva que ao ver esta série e que eu me preparei da seguinte maneira! Um já não esperava nada dela por causa que Eugene Son era o escritor principal e ele tem contra ele além do fato de nunca ter durado mais que três anos em qualquer equipe de produção! Ter escrito as piores fases de Ben 10 (Ominverse), do Homem-Aranha (Ultimate) e dos Vingadores (Assemble); sobre as mudanças? Sobre ser em 3D era irrelevante pra mim, pois estava muito acostumados com os jogos modernos de Saint Seiya/Cavaleiros do Zodíaco; e sobre Shun se tornar uma mulher? bom isso leva à duas questões? uma precisavam em nome dos tempos modernos colocar uma mulher no grupo (e com algumas alterações Shina seria uma boa chamada!), a outra de um fator de quando Kuromada escreveu o mangá; vamos ser sinceros Kuromada não sabia o que era um personagem Bishounen quando escreveu o Shun! (e não me entendam mal pois existem personagens assim que são excelentes como um certo piloto de Gundam 00 e um certo zodíaco de Fruits Basket) Ele me fez uma mulher em corpo de homem..., acabou criando na minha opinião criando um dos mais felizes acidentes quanto à personagens Bishounen!? Sim! Mas tem várias coisas no mangá e pior ainda na série que tu vê e te provocam um WTF (casa de Libra no anime to olhando pra você!) que você se pergunta? mesmo sendo "inocente" ou "piedoso" um homem faria isso? é com isso em mente o roteirista escolheu o "caminho" mais fácil é quanto à isso pro começo de série eu estava neutro!


Explicado algumas coisas então vamos ao que você espera sempre o que achei de bom e ruim da série


Foi bom


  • Gostei da Abertura e do encerramento! A abertura é uma boa releitura de Saint Seiya! (melhor que isso só a versão do Angra) é o encerramento é uma balada boa pra desacelerar depois de ver a série (é nossa como ela corre!).

  • O 3D até é bom! Apesar da falta de variedade de cenários, passa bem o clima a lá os jogos! Como se fosse as figuras de cavaleiros se movendo!

  • Na Primeira temporada acreditem se quiser o humor "trash" foi divertido!

Você não será esquecido segurança da tampa de bueiro!
  • Trazer o elenco original foi uma tacada de gênio no Brasil, o elenco "entrou" nos personagens super fácil! É o texto flui fácil nas vozes brasileiras!

  • De certo modo acreditem se quiser! Seiya é um personagem melhor aqui! Ele se questiona! Tem duvidas! E por mais incrível que pareça nessa série é o que mais segue Athena/Saori pela pessoa que ela é e não pelo "título"!

  • Athena/Saori é mais participativa nesta série do que em muitas outras versões.

  • Até que foi legal a surpresa de Cassius como Cavaleiro Negro! (Eu até engulo o Meteoro de Ônix!)

  • As poucas lutas boas tem que ser destacadas! (pois a maioria foi ruim...)E foram Seiya Vs Shina (a primeira luta deles! boa, rápida e impactante!) e Seiya Vs Ikki (que copiou o mangá).

  • Em certos momentos dá pra lembrar melhor que essa história se passa nos dias de hoje!

  • Uma montanha de coisas se perdeu, mas a fé de se levantar e tentar de novo ainda está aqui.

  • No papel trazer outra versão dos cavaleiros negros não foi má ideia mas...

Foi ruim


  • Mas o problema foi como executaram isso! Gurad é um dos mais forçados vilões que já vi numa série! OK armaduras feitas de ciência e que absorvem cosmo energia, na série original já tínhamos os cavaleiros de aço e em Omega Athena tinha toda uma "milicia" de gente vestida como cavaleiros de aço pra dar suporte ao santuário, seria uma boa origem em um grupo paramilitar desenvolver isso! Do que um cientista sozinho como nas séries! Mas isso traz outros problemas ligados isso como...

  • A lenda que Athena será derrotada e precisamos matar Athena pra "resetar" o relógio ou nos virarmos melhor!? Por um lado melhora um problema antigo da franquia: o argumento de essa mulher é uma farsante! E quase qualquer um que vê Saori e a reconhece como Athena é mesmo assim ainda atacam sua deusa!? Mas leva à novas perguntas como: o que garante essa lenda! só o grande mestre? O que Gurad viu que deu credibilidade pra ele acreditar também? Ele trabalhava com o Santuário ou um usava o outro!? Bem a série não tinha tempo de explicar detalhes!

  • Oh nossa vamos economizar o máximo com as tropas de Gurad! Você é um soldado? Então vamos clonar os mesmos sujeitos com a mesma altura e com as mesmas roupas e mascaras ao máximo! Oh eu sou um cavaleiro negro e todos são "Cassius" sem rostos!!! (pra não perguntarem porque sem rostos ponha um capacete todo fechado!) Aliás vamos reciclar o máximo de cenários possível! (quantas vezes vimos o mesmo vale e a mesma cachoeira) Hei é economia minha gente!

  • A série tem sido especialista em destruir momentos clássicos da série! Em especial nesta "segunda" temporada ela foi MVP (Most Value Player) em destruir momentos! Seiya Vs Misty foi um baita meh! (no mangá não é grande coisa, mas no anime original você vê toda a inteligência da cena em lhe passar a esperteza do Seiya em observar a umidade marinha pra descobrir os golpes do Misty!) Ikki é seu "multi combo"? foi algo imbecil pela pressa de tacarem o Argol de Perseu; o que triturou o melhor e mais dramático momento do começo da série! E ainda tornou Ikki num zé preguiçoso! E Perseu num mané! E olha que no mangá e no anime Shiryu tenta de tudo pra lutar! Desde de usar o reflexo no escudo, passando por se vendar até ter que apelar pra se cegar! O peso da cena era de um homem que lutava por seus amigos contra "o mais forte" cavaleiro de prata e tem seu sacrifício "premiado" pela guia de Athena pra vitória! É um dos grandes momentos da série! do Shiryu! E pra nós espectadores e leitores em tornar a fé por Athena maior e mais "palpável"! Mas o que vira aqui? Numa ultra encurtada luta de dois minutos em que nos perguntamos? Se Shiryu sabe se guiar pelo som porque não tentou lutar vendado ou de costas?

  • Na segunda metade o roteiro é absurdamente corrido numa fase que é um "crescendo"/escada pra fase dos cavaleiros de ouro e me troca isso por uma luta com soldados genéricos e um inimigo "não ameaçador" e com a mesma filosofia do meu outro inimigo? (se Gurad aliasse com Athena? se tivesse uma outra motivação? OK abrir espaço pra algo novo! Ok se arriscar cortando o primeiro arco bom de cavaleiros em nome de uma tentativa, mas...o que temos é mais do mesmo, além do desperdício de tempo!).

  • Aliás não ajudou "trocar" três episódios pra contar toda a história do Gurad que nos levou do nada ao lugar algum! Sério o que tivemos? Um reator de Cosmo? (que não explicaram da onde veio tanto Cosmo? Montaram um KOF de cavaleiros e roubaram a energia de todos? Não isso já é manjado! Matamos um monte de gente off screen e roubamos o seu cosmo? É uma série infantil não vamos falar isso!) Um monte de luta contra os mesmos caras copiados e colados e sem um ponto fraco óbvio dessa vez e força variável? (pois hora limpam o chão com eles, hora tão lutando o episódio inteiro de igual pra igual!) Ou pior uma luta com um "chefão" recusado de Megaman X?

  • A trilha sonora e incidental não ajuda em nada!

  • Se você é a Shun (o que torna mais idiota ainda ter feito a polemica que fez, pois até aqui a diferença entre um boneco de posto e ela é seus "parceiros" é nenhuma), Hyoga e Shiryu? Então você foi esquecido pelos roteiristas e só tá presente pra fazer número!

  • Ainda no termo de tratar tramas de modo ruim...Aiolia e Shina nossa como é fácil fazer os dois mudarem de ideia! (É um problema dos materiais originais que não foram acertados aqui).


Conclusão


Olha essa série tem alguns descontos por claramente ter sido feita visando crianças de dez pra quinze anos, então se compreende a suavização da violência, se entende algumas mudanças porque um dos defeitos da série original é o abuso de conversas durante as lutas que as deixam ultra lentas, então se entende trocar isso por lutas ágeis! e num grande espectro se entende algumas mudanças (até mesmo a da Shun pois tem precedentes pois Poseidon é encarnado numa mulher em Lost Canvas é Pandora fala que Hades é difícil de se achar a encarnação dele pois ele encarna no "ser humano mais puro de coração" por isso entende-se claramente que pode ser homem ou mulher é isso dificulta ainda mais a busca!).


Mas ao mesmo tempo se nota que os escritores não entenderam o conjunto que faz Saint Seiya/Cavaleiros do Zodíaco grande! A grande vitima aqui é o drama! É o drama que apimenta as lutas!, as musicas incidentais da série original ajudam ainda mais á aprofundar o drama humano! É o confronto de ideologias que firmam o drama e tornam memorável as lutas e em algo mais que o herói marcou ponto matando o vilão!


Não sei se estou sendo piedoso, mas dou a esta série a nota 5 se nota que os roteiristas tentam atacar alguns defeitos do mangá (pois do anime sou capaz de apostar que não viram nada ou quase nada da série original, se não, não tinha apostado tão pouco na trilha sonora e em alguns momentos chave), parecem conhecer a obra, mas acabam cometendo erros novos! Conseguem agilizar as lutas! Mas as mesmas não tem impacto ou significado profundo! Os cavaleiros usam a inteligência mas sempre é em momentos como bata nesse ponto fraco óbvio ou teime no mesmo golpe sem mudar nada que algo do nada vai ocorrer! A verborragia ajudava a desenvolver os cavaleiros (e não serem Seiyas com outra skin como eram no mangá) é aqui tem tanta falta de dialogo! que quem tá assistindo agora! Fica com as perguntas? Você sabe quem é o Hyoga?, a Shun? (essa menos ainda!) E o Shiryu? Esse temos um rascunho e se você não for Seiya, Ikki ou a Athena/Saori o seu tempo em tela não vale!


Tivemos algum vislumbre de coisas boas em alguns momentos separados, mas a coisa mais perto de um episódio bom foi o episódio dois! Sei que não é uma serie feita pra mim, mas mesmo assim a série tem sérias deficiências que me fazem ter sérias duvidas se isso aguenta até Hades? Pois conseguiram estragar a fase dos cavaleiros de prata! E as doze casas dependem muito do conflito de ideologias e isso tem sido jogado fora até aqui o que me faz temer que a melhor fase (e mais apreciada pela fã base) tem altas chances de falhar miseravelmente! E da série piorar ainda mais! (e sou capaz de apostar que vão tentar fazer a saga das doze casas em doze ou treze episódios com muita ação e quase sem conversas, coisa que nem Omega fez!!!).

Disponível no Netflix

Olá Shina! (que parece mais saída de Hokuto no Ken)
Vamos meus aliados! Poxa Seiya aparecemos pouco! mas não esculacha!
O que acha dos meus novos clones Seiya! Sabe como é! Não tinha muito pra os clones da outra vez! mas achei esses aqui baratinho no mercado de pulgas!!!

Trailer

Links Uteis

Cavaleiros do Zodíaco Brasil (em Português, principal fã page do Brasil).

Site oficial da franquia Saint Seiya (em Japonês).

Wikipédia de Saint Seiya/Cavaleiros do Zodíaco do Netflix (em português)

Wikipédia sobre a Franquia Cavaleiros do Zodíaco/Saint Seiya (em português)

41 visualizações

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com