• Senryu

Mobile Suit Gundam (serie e filmes)

#Gundam #Sunrise #anime #Gundam079 #brasilanimecafe #filme #Gundam1 #Gundam2Soldiersofsorrow #Gundam3EncountersinSpace

Desde do meu outro Blog, eu fiz a promessa de cobrir com analises todas as series principais da franquia, mas nunca cobri o Gundam original; que sendo sincero é meio difícil de se ver e conseguir achar (mas a coisa melhorou nos últimos tempos com os lançamentos da trilogia de filmes resumo remasterizada de 98; mas que só saiu no ocidente em 2007 e da serie original remasterizada, que saiu em 2012, ambos pela Nozomi/Right Stuf); só que o Gundaminfo surgiu com uma oportunidade imperdível, que me permitiu ver novamente a versão filme e com isso me permitiu fazer esta análise (pra quem não sabe o Gundaminfo abre alguma das series da franquia pra possam ser vistas gratuitamente por tempo limitado; só o problema desse "limite" é que fica da conveniência deles, já teve atrações que ficaram dois dias, outros ficaram um mês e estes filmes de Gundam tão indo pra dois meses e contando; por isso fica difícil noticiar algo que não se sabe quando vai deixar de estar disponível, mas a quem interessar o link está aqui pros filmes legendados em Inglês, Francês, Chinês, Alemão, Coreano, Tailandês e chinês de Hong Kong).


Gundam nasceu de duas necessidades da Sunrise (na época se chamava Nippon Sunrise), uma era que eles precisavam de um sucesso original pra manterem sua independência (quando a empresa nasceu, eles conseguiram fazer um relativo caixa com os trabalhos de segunda unidade no filme de Yamato e junto com um contrato...), o segundo e que eles conseguiram um contrato de três series originais (os dois anteriores foram Zambot 3 e Daitarn 3 com a Clover (fabricante de brinquedos) e precisavam de algo que fosse um sucesso estrondoso ou teriam que priorizar o trabalho de segunda unidade; mais uma vez a missão foi dada a seu principal diretor Yoshiuki Tomino, que após duas tentativas no gênero super robot, chegou a conclusão que o gênero estava ficando esgotado e se eles quisessem fazer sucesso precisavam de algo diferente e depois de uma reunião de brainstorm, ele definiu que precisava fazer algo com jovens que precisavam sobreviver na guerra e que a sobrevivência seria o principal tema, durante a produção da serie varias coisas aconteceram como mudança de enfoque (ele resolveu falar menos dos civis), doença de um dos principais membros do staff e o sofrimento com baixa audiência (se quiserem ver mais a NHK fez um ótimo documentário sobre a serie, deixo o link em espanhol aqui).

O que salvou a serie foram as várias cartas de fãs elogiando a serie e seus dramas, o que após o cancelamento e a saída da Clover, isso deu a certeza a Tomino que se fossem fazer um filme precisavam de ação ágil e de um drama "mais voltado as mulheres", pois as cartas tinham vários elogios a "realidade do drama" e isso fez a Sunrise procurar maneiras de viabilizar um filme é uma das primeiras tentativas foi lançar foi lançar em disco com toda a trilha sonora da série, o disco foi lançado e foi um sucesso modesto, mas os fãs mandaram várias cartas dizendo que a capa os faziam passar vergonha de comprar, foi quando Tomino levou as cartas pra gravadora e conversou com o diretor da companhia e disse: "Olha essa capa me assusta também e tá muito poluída, sem proposito, vamos fazer o seguinte lança outro disco menor e eu te arranjo um cara que faz ótimas capas!" (ambas as capas estão acima, decida por si mesmo! A mais "poluída" e a do primeiro disco e a mais "solitária" e a do segundo disco) É o diretor da gravadora falou do espanto de uma simples troca de capas fez um disco com menos musicas vender dez vezes mais! E com isso a Bandai viu potencial na franquia Gundam e financiou um filme, Tomino fez confiante que desta vez com toda a equipe junta, eles fariam algo de qualidade e que a Bandai voltaria implorando pra fazer mais dois filmes (e foi exatamente o que aconteceu, a exibição nos cinemas foi um estouro! E Gundam é o gigante que todos nós conhecemos hoje!).


Aqui cabe algumas curiosidades, com o sucesso de Wing o Cartoon Network resolveu apostar no Gundam Original pra substituir Gundam Wing, mas Tomino exigiu fez exigências como caso fossem exibir a serie de TV teriam que cortar o episódio 15 (aliás no DVD/Bluray o episódio está nos extras sem tratamento, mas Tomino demandou o corte desse episódio até na versão home vídeo por considerar o episódio mais nada haver com os temas da serie; a quem interessar o episódio trata de um ex-soldado de Zeon que ficou numa ilha isolado com seu Zaku) ou teriam que exibir a versão remasterizada do filme resumo, no fim o Cartoon Network americano como tinha as masters dos filme de 81/82, resolveu exibi-lo no Toonami é o resultado foi um senhor fracasso..., mais tarde passou de novo nos Estados Unidos, só que a versão em serie no Adult Swin e foi totalmente exibida mas fracassou de novo em audiência...


Muitas coisas surgiram inspiradas em outras obras como os Mobile Suits foram inspirados dos livros de Starship Tropers (Tropas Estelares), mas o termo Newtype surgiu inicialmente como uma explicação pra facilidade do Amuro e do pessoal das colonias em pilotar robôs gigantes, além da decisão do cenário ser no espaço, porque fica fácil explicar robôs gigantes se movendo rápido.


As vezes que o Amuro "troca" de Mobile Suit e os destaques no final da serie aos Core Busters foi exigência da Clover que além de demandar três maquinas diferentes na White Base, pediu por estas mudanças em nome de aumentar (sem sucesso) as vendas dos outros brinquedos sem ser o gundam.


Outro fato e que nos filmes resumo remasterizados, Tomino preferiu só retocar algumas cenas e mudar alguns diálogos (pra dar a entender que Mobile Suits existiam nos dois lados antes do começo da trama) e por isso é uma versão mais "de acordo pra época que foi feito e menos intrometida" se comparado com os filmes de Zeta.


Vou nos prós e contras dar alguns detalhes pra lhe ajudar nesse caso o que é melhor de se ver.


Foi bom

  • Me impressionou como Origin e estes filmes se completam, tudo que não é muito destacado lá se completa aqui e várias "falhas" desta serie são preenchidas, um complementa com perfeição o outro (escolha a sua medicina mas ainda acho que ver Origin primeiro e depois ver estes filmes é uma experiência mais recompensadora).

  • Me impressiona na serie e no filme o quão seco e direto é o Bright, isso compõem um capitão desesperado pra sobreviver, mas que sabe que tem que se impor e ser duro com vários jovens em nome de manter a disciplina e aumentar as chances deles, sabe que isso pode atrair a inimizade da tripulação e por isso se mantém o mais direto, distante e frio possível (e se você é fan de cenas de tomada de consciência com tapas, esta serie é o filme são um festival e aqui começa a fama lendária dos "tapas do Bright").

  • Corta muito do drama dos civis e da parte antes da chegada a terra é isso foi um bem danado, pois é o que mais arrasta os dez primeiros episódios e como fazem os cortes nesse começo do filme fica excelente e bem encaixado pena que o mesmo não pode ser dito do resto...do primeiro filme.

  • A parte da mãe do Amuro foi bem forte e é um drama necessário de ser mostrado (pois mostra bem a quebra da inocência do Amuro e o quanto ele se tornou num soldado).

  • Aliás duas coisas que me impressionam no segundo filme o Amuro estudando adversários e mesmo sendo uma exigência do patrocinador, ver Amuro mudando de maquina (usando o Guntank e o Guncanon) pra a maquina que lhe é melhor pra situação de combate foi um toque bem interessante, aliás ver essas mudanças com direito a Sayla Mass pilotando o gundam foram coisa interessantes e "realistas".

  • O segundo filme é onde mais se tem retoques foi a fase mais popular na TV, mas a serie tava sem o seu diretor de arte e isso começa a se refletir na animação da serie no que seria a parte final desse filme, mas a remasterização consegue fazer este problema quase sumir!

  • Não é a toa que a parte do deserto foi a maior audiência de Gundam! É fabuloso ver o Amuro perdido em pensamentos e duvidas enquanto o Bright tenta disciplinar e mostrar que mesmo sendo essencial! Amuro era como qualquer um naquela nave, os dramas e sufocos dessa parte, junto com toda a dificuldade imposta pelas tropas de Ramba Ral são fatores que elevam a qualidade ainda mais.

  • O terceiro filme é o melhor filme é também o melhor resumo e se aproveita bem das novas animações (coisa que na serie é seu pior momento, pois tem muitos erros de animação).

  • Um dos melhores diálogos de toda a franquia é o Degwin lembrando Gihren sobre Hitler e de o quanto ele estava seguindo os mesmos passos, um dialogo impagável pela soberba do Gihren e do quanto o Degwin vê que está perdendo as reas da guerra.

  • A entrada da Lalah na trama é algo que muda a história da franquia pra sempre, por dar demonstrações do que é um newtype, por humanizar ainda mais o Char e por mostrar um lado mais "espiritual" do Amuro.

  • Mais tapas do que nunca nesse terceiro filme é mostra que quando necessário tapa é recurso unissex é até as mulheres estapeiam a estupidez dos homens!!!

  • Sempre me impressiona o quanto o dublador do Amuro deixa natural a capacidade do personagem superar as dificuldades com seu aprendizado no meio do combate.

  • Tem momentos simples e impressionantes de ação em como por exemplo a White Base "limpa" vinte Mobile Suits e duas naves em menos de cinco minutos!

  • O final mesmo com a contagem "boba" ainda é bem emocionante e memorável, muito pelo sentimento de desolação e perda que ficam é um fim que mesmo com o clima e tudo o que houve antes te dá esperança no futuro.

Foi mediano

  • O primeiro filme tem prejuízos e lucros, o começo e a parte do espaço são excelentemente condensadas, mas a parte dos Estados Unidos tem cortes abruptos que deixam confusa a edição, o que no fim nos leva ao filme mais fraco, mas que ao mesmo tempo sabe trabalhar com as cenas boas que tem e terminar o filme com o discurso do Gihren é um toque impagável! Que só um momento supera! Posso dizer que entre mortos e feridos se tem um resumo bom, mas que podia ser melhor se focasse mais na relação Char e Garma (aqui se vê o tom de desafio e rivalidade entre os dois, mas na versão filme é como vou dizer amostra grátis comparado com Origins por exemplo) e na correria da White Base pra voltar pra território da federação do que por o drama da noiva do Garma.

  • O primeiro filme quase não tem animações novas, mas é disparado o trecho em que a serie foi melhor animada.

  • Ramba Ral é um dos personagens mais interessantes da franquia é o filme e a serie fazem o favor de mostrar o quanto ele é honrado, mas não um idiota; só o que me faz tacar ele aqui no meio é como o segundo filme monta mal suas cenas e o faz parecer um louco por promoção.

  • A distribuição melhorou muito é hoje se pode comprar a versão de home vídeo internacional tanto dos filmes quanto da serie, só por stream e que a coisa fica limitada ao gundaminfo é da capacidade de as vezes eles liberarem a serie pra ser vista, isso é algo que se tem que ser melhorado na franquia em especial as series mais antigas, as possibilidades de se ver por streaming.

Foi ruim

  • A legenda oficial tem erros bobos como se referir a Loum como Roum...e alguns erros em nomes de outros lugares reais.

  • Uma coisa que soa data e não melhora é a narração no começo de cada filme resumindo as coisas antes da trama começar e a cada filme sendo repetida só com pequenos adicionais nos filmes dois e três pra dizer onde estão agora, é algo inútil e que não ajuda.

  • Não ache confuso quando eu falo que o filme dois é o pior resumo; OK que tem as partes mais emocionantes e algumas das melhores cernas de ação da serie, mas o filme sofre de péssima edição, alguns fatos ficam bem confusos por causa da montagem como a frase dos cinco anos a mais de guerra do M´Quve (a frase é irônica pois "spoilers" Zeon perde a guerra cinco meses depois desa "pérola", mas na serie mostra bem o quanto M´Quve se importava com capital financeiro e o quanto tava nem aí pra perca de "material humano"), ou como Odessa foi importante pra guerra, mas a batalha em si nem é mostrada!? (muito por na serie a White Base chegar ferrada e só poder ajudar com dois cores fighters) ou em como a invasão perfeita a Jaburo do Char é ferrada por crianças (crianças enxeridas em qualquer era ferrando planos de "bandidos"); aliás as crianças da White Base é o fator mais nada haver que fica até o fim da serie e sem contar que após Odessa no filme você pode fazer um onde está M´Quve? Já te adianto só aprece em mais um cena e nem se dão o trabalho de mostrar o destino dele...; mas voltando ao assunto o quero dizer é aqui tem uma parte altamente emocional e boa, mas que perde muito da força por ser o filme mais mal editado dos três e como resumo ele funciona bem mal.

  • Só no terceiro filme relembram a trama entre Casval e Artesia e sinceramente ela foi com o tempo tão esvaziada que aqui só estou reclamando por Origin dar uma base tão boa é isso quase não ser falado mais em materiais principais da franquia.

  • Tem um gancho prum certo cometa vermelho durante os créditos, mas se bobear ou não prestar atenção num detalhe pequenino a cena perde a função e fica um o que seria isso? E revendo esse filme só fui notar isso só agora...

Conclusão


Gundam é algo que tem que ser respeitado por criar um gênero totalmente novo e a frente do seu tempo onde a ameaça não era mais de fora (não era mais um alien), mas era outro ser humano, a própria guerra e no quanto ela consumia as pessoas, o que marcou um novo passo nos dramas em animes.


Não vou mentir dizendo que não é um produto defasado pelo tempo, pois tem certos momentos que isso tá bem na cara, mas ele consegue ao mesmo tempo em certas cenas e diálogos ser uma obra atemporal e universal.


É uma obra que inspirou 40 anos de materiais, histórias, series e filmes e se vê bem esse potencial aqui; é uma serie com um universo muito rico, mas não se pode mentir pois ela tem problemas da animação defasada e mesmo nos filmes com animações um pouco melhoradas na versão remasterizada, ainda fica aquela impressão de anime velho e animação "velha", o que vai te manter aqui são os personagens, o drama e o cenário.


Daria tanto pro filme quanto pra serie a nota 7, é um grande fruto a frente do seu tempo, mas que mostra alguns sinais da idade (como a animação, os guris que tu fica perguntando porque ficam inventando desculpas direto pra mante-los na nave, algumas narrativas datadas como a narração no começo) e são esses sinais que dificultam a escolha da melhor opção.


Vou dar a minha (mas vou entender perfeitamente se for pela outra opção), eu acho os filmes a melhor opção de conhecer o Gundam original, é rápido, tem os principais acontecimentos, a qualidade dele de som remasterizado é melhor do que a serie pois trataram o áudio além de regravar alguma cenas com o elenco original; porém os filmes um e dois não são uma Brastemp e resumem mal alguns acontecimentos.


Sobre a serie é o material mais completo e longo são quarenta e três episódios, mas se prepare pra enfrentar um drama bem ruim nos primeiros dez episódios e muita coisa pra lá de datada na montagem, os pontos bons de Gundam que falei acima ainda estão lá, mas não vou mentir que vai ser o processo mais tedioso dos dois...(ao menos pra mim), mas vai ver a história completa, sem cortes e sem "esquecimentos extras" (como onde foi para M´Quve e Kycilia?)

Disponível em Home vídeo internacional nas opções filme e série em duas partes (com legendas e dublagem em inglês).

Atualmente os filmes estão disponível no gundaminfo nas partes 1, 2 (Soldiers of Sorrow) e 3 (Encounters in Space), mas esses links podem ser removidos e quando forem? Estes links vão "sair" e só talvez "voltem" conforme a Sunrise e Bandai disponibilizarem...

Só notarem a discrepância de arte do Yoshikazu Yasuhiko pro...
"normal" da Sunrise na época...

Trailer (não tão notando uma certa voz? É de novo "Optimus Prime" anunciando Gundam)

Links Uteis

Site oficial de Gundam (em Japonês)

Sunrise e seus trabalhos no Wikipedia (em inglês)

Mobile Suit Gundam no Wikipedia (em inglês)

Gundam lista de episódios (em inglês)

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com