• Senryu

Gundam The Origin - Advent of the Red Comet

#gundam #sunrise #anime #filme #GundamTheOrigin #brasilanimecafe #Crunchyroll

Faz tempo que não falo de Gundam, apesar de eu adorar series com mechas e também a franquia Gundam, ao ponto de ter feito uma promessa (que ainda pretendo cumprir) de falar de todas as series principais, mas sendo sincero, eu precisava de um refresco, se não esse blog virava um blog de Gundam, e o que quero é além de falar com as pessoas e apresentar series que possam curtir só ou com a família e espero com isso também vocês possam ir quebrando certas resistências quanto a animações.


Pelos números que o "tio google" passa, vocês estão voltando pra ver as resenhas que lhes interessam e noticias; e isto me agrada muito e espero (me ajustando aqui e ali) manter a experiência de noticias toda a semana e uma análise toda a semana (Por isso mesmo as atualizadas de análise, eu irei também anunciar todas no Instragam, pra não deixa-lo tão parado), por isso deixo aqui o meu obrigado e espero continuar a "servir" bem e fazer cada vez melhor pra vocês (e lembrem de falar da gente pros amigos! Pois mais gente e mais vistas gera mais uns trocados e com isso gera mais incentivos pra fazer análises como essa e outras como as que já existem).


Agora entrando no assunto dessa análise, Gundam The Origin nasceu como um mangá ilustrado por Yoshikazu Yashuhiko (que também foi o principal designer de produção da série original de Gundam em 1979 e também foi o diretor das adaptações desse mangá pra serie de TV e filme junto com Takashi Imanishi), a intenção era encontrar uma maneira de recontar toda a série original de Gundam, mas a produção na hora de adaptar decidiu se forcar em contar as origens do conflito da guerra de um ano (literalmente focando na origem de todas as histórias da era U.C de Gundam) e em paralelo nas histórias de Char Aznable (principal rival do herói Amuro Ray) e Sayla Mass (irmã de Char), o que nos dá uma história com visão unica, um drama que se passa num conflito que vai escalando pra uma guerra sangrenta, e tudo isso visto por duas pessoas que são arrastadas a esse conflito e mostrando como cada uma delas decide lidar a sua maneira; isto não é tão spoilers, mas basicamente é a busca de vingança do Char em sua gênese e como Sayla vai lidando com as dores das percas em sua vida.


Vou colocar os meus tradicionais pontos positivos e negativos, mas antes de começa-los eu queria destacar duas diferenças básicas que diferenciam bem a serie de TV dos filmes são: os filmes costumam contar a história indo e voltando nos fatos, enquanto que a serie segue um só "fluxo de tempo" o que torna melhor e mais fácil de se ver, além do fator que a serie tem algumas cenas novas (sendo sincero elas não mudam nada do contexto da história, só estão lá pra acrescentar fatos e melhorar a narrativa).


Foi bom

  • As aberturas e encerramentos são um show a parte, as aberturas contam um mini resumo de tudo só com flashes e cenas rápidas e a musica cria todo o clima e isso com a ultima abertura que é beyond the time que chega até a combinar cenas da serie clássica, só aumenta o que já é um espetáculo é ainda lhe dou uma dica, não pule os encerramentos (tem duas musicas clássicas da franquia é uma nova, mas cada encerramento segue um estilo, o primeiro relembra o mangá, o segundo é uma homenagem em aquarela a Lalah é o terceiro conta uma história muito especial) pois alguns deles tem cenas extras depois, é nos dois últimos tem duas boas surpresas.

  • A trilha sonora aqui é fabulosa consegue ir além do que os filmes fizeram e a musica te conduz nas cenas e se tem de tudo desde do pop, rock, composições de "opera" a até marchas de carnaval!? (É divertido tacarem marchinhas curtas nas cenas fuga do episódio sete e me fazem relembrar que Jaburo fica no Brasil e além do fato de Char e Lalah se conhecerem no estado de Manaus, aliás fica a curiosidade metade do episódio sete é todo passado no Brasil).

  • As batalhas na sua maior parte são emocionantes e vibrantes! Ver as viradas das perspectivas dos comandantes é algo bem dinâmico e fabuloso, além de nos (o público) fazer entender cada manobra.

  • A serie sabe mixar bem drama e ação, e posso lhes garanto que alguém que adora ver dramas (num estilo mais "novelesco"), dramas de guerra ou series de ação? Garanto que ninguém com esses gostos irá sair daqui insatisfeito e se você gosta de tudo isso junto? Tá esperando o que? Eles sabem bem explorar cada momento de modo único e bem emocional.

  • A animação desta serie, posso dizer que diferente de Unicorn, se vê que não suavizaram a diferença do uso do 3d do começo da serie pra o final, mas como eles refizeram algumas cenas pra como vou dizer, fazer os efeitos dos Mobile Suits ficarem melhores junto com o avanço da tecnologia e quando novas maquinas surgiam, isso dá um valor de evolução junto que pra mim quebram bem o problema e ainda alinha com a trama.

  • O episódio nove trata do quanto o ser humano pode ir longe numa guerra; o episódio sabe apertar os pontos certos, e mostrar um ato monstruoso e o consegue fazer sem ser gore ou gráfico demais, mas ao mesmo tempo consegue passar toda a gravidade! E o faz sem abusos e conseguir fazer assim e ainda mostrando os pensamentos e excitações do Dozlle (pra não spoilar muito é o cara ordenado a fazer o tal ato) é algo de uma sensibilidade rara.

  • O episódio três tem praticamente 50% das cenas refeitas e isso ajuda muito a esclarecer ao público, os atos e as consequências dos planos de Jimba Ral, isso foi um ponto ruim dos filmes e que foi absurdamente melhorado!

  • O roteiro é bem redondo e te dá coisas que agradam otimamente a quem conhece a franquia e que também recompensa a quem não sabe nada de Gundam! Explicando isso melhor, vai poder ver velhas figuras da série principal e conhece-las melhor e pros novos fãs se decidirem ver a serie original? (recomendo os filmes resumo e explico isso outro dia) vão já com essa serie ver e conhecer bem melhor um lado que se falou pouco no Gundam original (Char, Zeon e a família Zabi, muita coisa deles é lançada por alto na serie original e aqui foca em cheio nas origens do Char, Dozzle e Garma que são pontos menos tratados na serie original) e já vão estar preparados pra conhecer o "outro lado" do conflito e seus civis em Gundam 0079.

  • Um excelente ponto de entrada pra toda a franquia! Pois é a história da gênese de toda a era do Guindam original! Principalmente pra linha de tempo da U.C (Universal Century). Pois todo o básico de mundo, personagens, tecnologias, politicas é tudo mais são mostrados aqui (só alerto pra uma ligeira questão, Origins dá um bom "ponto de tempo" perfeito pra federação ter Mobile Suits, mas o próprio Tomino tem questões quanto a isso; pois na serie original ele estabelece a produção em Massa de MS na invasão de Jaburo e nos filmes ele estabelece isso como na operação Odessa, então veja o original com em mente a seguinte "desculpa" que a White Base só deu muito azar direto..., antes de se perguntarem? Cadê os outros Mobile Suits da federação?).

  • Amo o termo escolhido aqui na tradução pra substituir Mobile Suit que foi traje de combate (diferencia bem dos mobile works e armors e dá um tom mais militar do que traduzir literalmente como Unicron fez, é um bom meio termo entre usar o original e dar um tom nacional).

  • Amo os simbolismos que a serie faz! Desde do abraço de Zeon Daikun na Artemísia, passando por coisas "hilárias" como a "mulher" flexível, de cabelos pretos e manhosa que o Ramba Ral descreve (e nos vemos a realidade em "pensamentos"), como a serie consegue passar tudo seja por simbolismos, seja por "discretas pontadas" entre os personagens, são coisas que o texto, a interpretação e até o linguajar corporal nos passam de modo sutil e ainda nos respondem diversas questões da serie! E tudo isso sem nos falar nada diretamente! Isso é fabuloso! Coisas que as vezes até bons atores e diretores de animação em geral tem dificuldades de fazer. E esta série faz isso direto e com tanta naturalidade.

  • A atenção nos detalhes visuais, inclusive pra te contar o momento da história é impressionante! Máquinas falham, cenários giram pra te mostrar o antes e depois! Cenas detalhando o armamento é o momento!

  • A disponibilidade é boa! Tá disponível como filmes em Home vídeo e mesmo não sendo assinantes gold da Crunchyroll, vocês podem vê-la mesmo sem assinatura alguma! (só vão ter que aturar os vários comerciais) Aliás é umas das raras séries Gundam que se tem esta opção!

Foi ruim

  • Mesmo adorando esta serie tem três coisas que reclamo aqui que são a batalha de Loum que até condensa bem na versão TV, todos os vários pontos de vista, mas sinceramente eu gosto mais da versão do filme cinco (Clash at Loum), pois ela tem mais tempo tratando do desespero da fuga das naves abatidas e não passa tão batido no drama dos sobreviventes; aliás aproveitando que to falando disso, nos filmes, um dos defeitos dele é passar duas vezes pela batalha de Loum (tem um trecho no filme um e a partir dela vai recontando tudo até chegar no ponto da história do filme cinco, isso pra mim foi um vai e volta, com direito a cenas repetidas desnecessário nos filmes); isso até é acertado na série, mas "reforçando" acho que na serie, eles condensaram demais o fim da batalha.

  • A segunda e mais boba, eu até entendo pegar o mangá e pegar os pontos que complementam a série original, pra fazer uma produção curta é dar o dia como finalizado! Mas como falei lá em cima, isso cria uma discrepância que seria facilmente resolvida fazendo uma outra metade recontando com animação totalmente moderna a história do Gundam Original (o filme de resumo faz um trabalho fabuloso cortando a gigantesca maioria das tramas "inúteis" da versão TV, mas ainda tem um grande pecado que é o momento do uso em massa dos Mobile Suits pela Federação, isso é um ponto que foi várias vezes modificado e abordado em várias produções e eu só sinto que só sai acertado e "orgânico" com esse mundo, só com os fatos de Origins).

  • A outra é a cena da invasão no casarão espanhol foi refeita e apesar de ter melhorado muito, eu acho o fim dela na versão TV, um tanto quanto estranho; sei que foi em nome de não deixar tão gráfico o fim de um certo "cavaleiro", mas me deixou com a impressão de mal montado.

Conclusão


Este é um grande ponto de entrada pra franquia, não importando a versão! Só que a versão em serie tem algumas vantagens exclusivas como a rapidez, a história melhor e mais diretamente contada. além da qualidade junto com a disponibilidade e eu diria que só tem contra ela Loum e alguns cortes; já a versão filme detalha mais a batalha de Loum e tem menos "cortes", mas tem contra ela a duração e os vai e volta no seu contar da história.


Pra mim a serie é a melhor escolha de se ver esta obra, pois é uma versão aperfeiçoada e com cortes que permitem pessoas mais sensíveis a violência verem este drama como eu ousaria dizer, com quase nenhuma preocupação, pra ela dou uma nota 9,5, só ela não é perfeita, muito por causa de Loum; não se enganem ela até é bem condensada, mas nesse ponto em específico a versão filme tem algo que ganha da serie é esse algo é esta batalha!


De resto daria pros filmes a nota 7,0; se a batalha de Loum é um ganho dos seis filmes, eles tem outros prejuízos em conjunto que não taquei nos pontos negativos como: certas cenas se alongando demais como o resgate de Lúcifer, Sayla na piscina, outras questões como as diferenças de qualidade nas CG´s de Mobile Suits de um filme pro outro, a continuidade da invasão ao casarão espanhol entre outras coisas que foram acertadas e até simplificadas na versão TV, mas são coisas pequenas que me incomodaram e talvez a pior e melhor resolvida na serie de TV foi cortar grande parte da batalha de Loum que tinha no filme um (pode parecer confuso pra quem não viu as duas versões, mas teria que spoilar sobre um fato importante, então pra evitar isso, vou falar do fato que me dá mais problema por alto..., sabe quando você acha chata uma exposição num momento do "futuro" pra puxar todos os fatos do passado que levaram a pessoa pra aquela situação, isso é algo difícil de se fazer e acho que os filmes falharam nisso, e pra mim quando a serie, quando resolveu ir direto as origens sem "blá blá" ou idas e voltas, foi algo determinante pra nota).


Como falei acima a disponibilidade é excelente! Se está curioso sobre Gundam? Se quer conhecer a era U.C de Gundam e do primeiro Gundam? Ou só quer ver um drama com a família? Esta série é uma grande pedida!


Disponibilidade em home vídeo internacional (tem algumas ofertas boas pelos filmes) e na Crunchyroll.

Char socializando e fazendo rivais três vezes mais rápido que qualquer um!
Um pobre Haro abandonado!!! Isso não se faz Amuro!

Trailer

Links Úteis

Gundam The Origin o site oficial (em inglês)

Gundam The Origin na Wikipedia (em inglês)

Gundam The Origin a lista de todos os episódios seja filme ou TV (em inglês)

Gundam The Origin no Wikia (em inglês)

18 visualizações

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com