• Senryu

Gundam Seed Destiny HD Remaster

Atualizado: Nov 18

#gundam #gundamseed #seedhdremaster #sunrise #anime #gundamseeddestiny #brasilanimecafe

Originalmente publicado no Makai Knights em 09/06/14

Oi como prometido estou trazendo antes da E3 o review final da franquia Seed; através de curiosidades e dos meus prós e contras, acredito que você irá entender porque Seed e Destiny são séries tão diferentes mesmo tendo a mesma equipe produção e uma história bem similar!


Em primeiro lugar um pouco de "contexto histórico"; quando Seed foi aprovada a Bandai não se esperava um sucesso tão grande (Seed chegou a partir do episódio 15 e até o seu final à conseguir o fenômeno de entrar Top 10 da audiência Japonesa), a Bandai com o sucesso logo após o fim da série de Gundam Seed encomendou a sua continuação imediatamente ao casal Fukuda, que disseram sim e deram declarações que continuariam à formula de sucesso (que pra mim era se inspirar nas séries da U.C, aqui neste caso foi mais em Zeta Gundam), mas a série do começo ao final a série sofreu dos mais variados problemas de bastidores (e de egos) durante a produção que não ajudaram em nada a franquia é a série em si.


A lista imensa de problemas começa com a doença de Shiaki Morosawa, ela começou escrevendo junto com o marido a continuação já estando com uma doença muito grave (câncer), mas logo no começo da produção, a doença se agravou e por volta do episódio vinte e um ela não teve mais condições de continuar escrevendo e acabou abandonando a série pra se dedicar à tratar da saúde, deixando o roteiro exclusivamente com seu marido Mitsuo Fukuda e só essa passagem já gerou uma infinidade de problemas de produção como: roteiros sendo alterados de ultima hora (aliás isso se tornou constante do diretor nesta série, e ele continuou com isso mesmo depois da série finalizada com os lançamentos em DVD e no cinema tendo mais e mais alterações), problemas de animação (aliás de novo) é uma revolta tão imensa da produção que chegou até aos fóruns e redes sociais, onde os funcionários da Sunrise reclamavam dos dias de trabalho de 24 horas! E de terminarem a animação horas do episódio ir ao ar (tanto que o episódio 48 foi ao ar com uma semana de atraso e foi mais um dos que mais sofreu com corte de tempo na versão "original", por ter um corte de 10 minutos!), animações indo ao ar sem aprovação da equipe de produção da Sunrise (desta vez foi com o Akatsuki que foi reprovado duas vezes nos testes de animação, mas com os atrasos em mãos? O Fukuda resolveu desta vez não modificar o roteiro e levar ao ar os efeitos do jeito que tava, mesmo com eles provocando erros de animação!) e ainda fez SETE episódios de resumo! (a maioria eliminados no HD remaster só ficando os resumos dos episódios 14, 21 é o 38) O resultado disso!? A série foi o sucesso mais estranho da TV nipônica! (Porque falo isso? Simples, ela esteve o tempo todo do inicio ao fim da exibição na TV japonesa no top 10 da audiência flutuando por toda a tabela literalmente!, mas acontecia ao mesmo tempo dos fãs protestarem de todas as maneiras possíveis: redes sociais, fóruns e no próprio site oficial! Sobre principalmente o péssimo roteiro e a animação ruim, o resultado é que o diretor resolveu mexer novamente adicionando cenas novas na versão home vídeo o que levou o projeto de lançar a série de TV em DVD; que tinha previsão de sair ela completo em seis meses após o fim da série e acabou levando na realidade dezoito meses pra finalmente sair! O resultado? Os fãs novamente reclamaram exatamente das mesmas coisas é acabou levando à!? Mais atrasos nos filmes resumo; que detalhe só saiu o ultimo faltando sete meses para estrear a série seguinte da franquia que foi Gundam 00; só um detalhe nisso é que 00 estreou em 2008 e Destiny na TV terminou em 2005, então durante três anos a história foi mexida e modificada várias vezes).


O resultado final disso? Fãs revoltados, ameaças de deixar de comprar os produtos conexos da franquia (apesar das reclamações de falta de criatividade; as vendas de Gunpla foram boas, foi a segunda série principal da franquia que mais vendeu Gunplas até hoje; contando somente o critério de vendas durante a exibição, só superada pelas vendas das duas temporadas juntas de 00!) e levaram várias "demandas populares" exigindo uma melhora na qualidade de produção, exigiram também que contratassem Seji Misushima como diretor (um diretor que estava em ascensão na época principalmente com o sucesso da primeira adaptação de Full Metal Alquemist) e que se tivesse atrasos? Que fossem em prol da qualidade e não do fator "lançar de qualquer maneira" (recurso muito usado nas produções de OVA principalmente sub sequentes como Unicorn e Origin que ganharam "atualizações" em versão série de TV), por causa de coisas como essas e no que já houve em Seed é que levaram à uma profunda mudança no método de produção com a Sunrise atendendo à todas as demandas dos fãs! (nem sempre sendo garantia de resultados satisfatórios vide Gundam Age).


Com toda essa polêmica na franquia Seed que já tinha um filme encomendado para o fim da versão TV de Destiny, a Sunrise resolveu voltar atrás e cancelar o projeto (a desculpa oficial foi por causa da doença de Chiaki Morosawa, mas boatos dizem que ninguém da Sunrise queria trabalhar com o casal Fukuda novamente em Gundam e mesmo que fossem usar outro roteirista e diretor pra conduzir o projeto, o casal Fukuda iria reprovar, devido a eles terem o direito do veto final em contrato sobre o roteiro e personagens criados por eles), o trauma foi tanto que nesse HD Remaster, a Sunrise só buscou aprovação do casal Fukuda para este projeto (eles ainda são creditados, mas não no "posto principal", a direção geral pela primeira vez na franquia neste projeto em especifico ficou com Hajime Yatate, que para quem não sabe é um pseudônimo para o comitê de diretores da Sunrise/Bandai).


Recentemente a banda TM revolution chegou a falar sobre o filme de Gundam Seed e disseram que chegaram a fazer material e discutir sobre o filme com Mitsuo Fukuda só que após o falecimento de Chiaki, Mitsuo não voltou a discutir sobre o projeto desde de 2008, mas Chiaki chegou a dar declarações públicas que o plot (em teoria o básico do filme) tava pronto; mas pelo visto (em teoria) não há interesse da Sunrise em anima-lo.


Bom vou aos meus prós e contras para você decidir se vale a pena ou não assistir esta série:


Foi bom (acredite se quiser mas no meio deste desastre teve coisas boas)


  • Mais uma vez o elenco de dubladores levou na garra e talento e se superaram em momentos difíceis de escrita (especialmente após o episódio 21), mas nos mantiveram crendo e acreditando nos personagens, destaques para os dubladores do Athrun Zala e do Shin Asuka (que foi o mais injustiçado pelo roteiro, ele fez o perfeito adolescente revoltado, quem conhece alguém com essa personalidade como eu, sabe que foi algo assustador de tão "realista"; mas o roteiro só destacando a raiva dele é a demora do crescimento como pessoa do Shin, praticamente estraçalhou as chances de alguém gostar do personagem), um elenco secundário solido com destaque para Marue Ramius e Luna Maria Hakwe.

  • Mais uma vez a parte musical é sensacional (e altamente recomendado baixar a trilha, especialmente se gosta de J-pop e J-rock), expressa muito bem os sentimentos dos personagens e pontua muito bem os pontos da trama.

  • Não tem como não sair todo empolgado depois de ouvir Ignited ainda mais com este clipe.

  • A cenas de ação continuam muito boas (principalmente se ignorar uns exageros).

  • Uma solução usadas nos models Kits de Destiny para torná-los mais charmosos ao freguês era a atenção aos equipamentos e decalques eram coisas como essas além das cores que diferenciavam por exemplo o Goulf, do Goulf Ignited, do Goulf Comander, do Goulf do Ysak e do Bull do Dearka, mas isso foi aplicado de modo brilhante na animação fazendo parecer os cenários de base mais vivos e nas batalhas mais diversificados como se cada Mobile Suit fosse único (e não mais um mote de sucata com trocas de pintura que já, já explodem).

  • A série até o episódio Vinte em todas as versões até que é uma série legal, o problema foram os caminhos escolhidos após um momento chave chave em ORB que detonou a série inteira e a deixou num caminho cada vez mais sem volta!

  • Teve lançamento na Crunchyroll o que oferece mais meios de se ver legalmente a série no ocidente.


Foi ruim (a lista é bem longa!)


  • Lhes dou uma recomendação expressa de nem pensem em assistir a versão TV desta série, é o pior mal que você pode fazer a si mesmo! além de evitar sete capítulos de resumo (conforme as "edições" foram lançadas, os resumos diminuíram e na versão HD lhe adianto que ainda tem três resumos; o 14, 21 é 38, mas ficaram todos no mesmo nível que episódio 39 (Athrun) de Seed = resumo dos acontecimentos que vem somados com fatos novos que ocorrem no tempo de capítulo) você vai evitar muita idiotice, má edições de imagem e capítulos inúteis.

  • Só tem uma música que não gosto na franquia toda de Seed que é Wing of Words que foi a ultima abertura de Destiny (sorte que na versão HD ela vira um dos encerramentos e é substituída por Vestige).

  • O problema de personagens revoltados (em especial o protagonista daqui que é o Shin Asuka é que apesar dos pesares) é que temos que mostrar as origens da revolta, pra depois mostrar o lado humano dentro deste turbilhão de raiva (pra não parecer um "Edgy Lord") e ainda no meio disso mostrar como ele vai lidando com a dor e crescendo como pessoa em todo esse processo (É isso que torna o Kamile de Zeta tão especial! É isso ao mesmo tempo torna o Shin Asuka numa mala sem rodas, sem alça e ainda lotada de peso até o talo!); eles acharam que mostrando só a revolta dele e mantendo somente isso direto ia agradar o público em geral sem necessitar trabalhar direito as origens da raiva em si, mas isso teve justamente o efeito contrário! Pra concertar isso!? A solução foi traga o elenco original de volta ao "topo do palco" e com isso nunca numa série se pisou tanto no elenco original pra depois traze-lo de volta é eles "humilharem" o elenco novo em questão de segundos, o roteiro Destiny neste termo foi impar nisso!

  • A franquia Seed sempre prezou pela ação e em Destiny, sinceramente eu não esperava um grande roteiro, o que esperava ao menos era o respeito ao básico de uma série de ação que são: respeito pelas características dos personagens; coisa que aqui foi um desastre completo com coisas como: Kira bancando o lobo solitário, várias atitudes questionáveis do Athrun; pode se fazer uma lista imensa em cima das atitudes dele, mas vou me focar nas mais absurdas como: não perdoar a Cagali com o destaque que o seu melhor amigo fez coisas absurdamente piores na série anterior e ele o perdoou, mas uma traição não consumada é algo mais imperdoável do que matar seus amigos!? A demora em sair da fria chamada ZAFT, além do tratamento paternalista dele na Minerva, quando ele esteve na mesma situação de comando em Seed, apesar da "deprê" de enfrentar o Kira ele tratava todos mais ou menso de modo similar ao Char tratava o pessoal da Argama em Zeta de modo profissional, mas se dão um espaço para falar mais na amizade tudo bem vamos conversar; mas o Athrun em Destiny era o pai tentando dar um sentido na vida ao filho revoltado (Shin), afastando a periguete que confunde amor de família com paixão (Luna), além de dar distância ao filho calado (Rey) e enquanto abria distância da golpista (Meer), some isso ao relacionamento meio do nada com a Meyrin (nos materiais "laterias" como o mangá da série e nos games se nota claramente que a Meyrin é mais uma das que dão em cima do Athrun; inclusive é uma das mais agressivas! "Caindo" tão "pesado" quanto a irmã); o que gerou momentos hilários em outros materiais como em Generation of C.E no qual ela cortava o rádio da irmã para incentivar o Athrun; na série a coisa acontece do nada e olha que só to falando de uma parte pequena do elenco antigo que ficam no core do roteiro; ainda tem coisas estranhas do novo "elenco" como realinhamento das cenas no HD remaster até dá para engolir a seco fatos como o Dulindall e sua vontade de nunca perder nada (que com a redistribuição do material na versão HD é algo que fica claro desde o começo como na cena do xadrez com o Raul no episódio seis), também a "dualidade" do Rey que trata parecendo que não conhece o Dullindall na versão TV, mas isso muda pra desde o começo nas cenas refeitas do HD representar que um personagem demonstra ao outro muito respeito (e não algo que cai de paraquedas como é na versão TV).

  • Ainda no fator roteiro, tem que se respeitar o realinhamento feito das diversas "versões" desta série de modo a tentar dar uma unidade nesta versão HD remaster, mas apesar disso nesta série o ditado popular: "pau que nasce torto nunca se endireita", se encaixa como uma luva aqui, ela tenta dar uma unidade e um caminho à trama (que seria algo como o Dullindall e alguém nunca revelado de O.M.N.I estariam trocando informações e manipulando o confronto desde o começo = tudo da série era pra chegar no Destiny Plan!), mas o que se pode se fazer se o "cerne" da série está ligado há algo que nem os autores do roteiro souberam explicar direito em TRÊS EDIÇÕES??? Sem contar que do pouco que dá para entender é algo tão cheio de absurdos na execução, estrutura e no "anuncio" que só vou colocar as principais falhas pra verem o quanto é furado este plano! Vamos do começo com o anuncio ao povo usando a falsa Lacus (Meer), este é o erro um; Tá eu vou querer usar o carisma da Lacus para que as pessoas aceitem numa boa meu plano, mas durante a série é falha atrás de falha em matar a Lacus, sem contar que naquele momento Dulindall tinha certeza que Lacus tava viva e podia melar o plano dele e no fim foi o que ela fez!...Então fica a pergunta porque usar a Meer!? Ainda mais com a Lacus por aí!? Erro número dois que tipo de lunático, pateta e idiota propõem paz através de um plano igualitário à todas as "raças" (quase um comunismo por computador!) e me faz isso avisando quem não concordar vai levar uma canhonada desta incrível arma de destruição em massa que acabei de roubar! A terceira é a pior de todas! A base do plano em si; sério querer acabar com a discriminação usando genes pra "taxar" as pessoas? Já sei! você vai dizer mas como assim? Isso vem de muita gente que não entendeu o Destiny Plan na versão TV, os fãs na época fizeram suas teorias! É meio que nas reedições o que fizeram foi tentar pintar de maneira "bonitinha" essa teoria dos fãs com gráficos é uma animação para crianças que não explica a base do plano!? O que vou lhes falar é minha interpretação do que foi exibido: Seria o seguinte o seu emprego, salário, cargo, amigos e relacionamentos amorosos seriam já definidos desde seu nascimento, mais especificamente tudo seria definido pelos seus genes! Você seria qualificado e definido pelos seus genes e não haveria mais injustiças, "escolhas erradas" ou solidão tudo seria o que você está "destinado" a ser! Da série de perguntas que não querem calar? quem em sã consciência seguiria um idiota desses na vida real!?

  • O conflito de "gerações" presente em toda a série de Destiny soou muito fraco ou ridículo muito pela idade dos personagens; por exemplo em Zeta Kamile (16) e Char (25) tem nove anos de diferença de idade, já daria pra dizer que são vivências diferentes de vida, já em Destiny o Shin (17) é o Athrun (21) com quatro anos de diferença apenas seria muito pouco pra ser um "conflito de gerações" ainda mais para chamar os outros de velho como o Shin fazia direto...

  • Meer e Lacus foi uma tentativa (patética diga-se de passagem) de emular o "duplo" papel da Diana Counter e Kihel Heim em Turn A; lá dava certo, porque desde o inicio as partes concordaram em fazer a troca nem que fosse por zoação, mas somente foi algo que funcionou por uma conhecer a outra profundamente e terem uma "empatia mutua!? É que passaram a fazer isso mais pela necessidade da situação em que estavam e com isso a "brincadeira do duplo papel" no roteiro ficava mais divertida e complexa com o tempo; mas em Destiny? Tudo começa pelo presidente usar uma fã para viver como se fosse sua ídola para cobrir o vazio deixado em Zaft (vazio este provocado de modo proposital pela própria Lacus, que não queria mais nada "daquela" vida em Zaft e queria viver isolada com o Kira no começo da série e lembrem do "grande" detalhe que a mesma Lacus que não topou e nem sabia "diretamente deste plano") quando Dullindall começou a usá-la (Meer) como propaganda de guerra? (com direito a Zaku rosa...) A mesma (Lacus) não fez nada além de um comentário retardado que agora tinha alguém para fazer os shows no lugar dela (pessoalmente me soou num tom de foda-se o mundo! To ganhando minha grana sem trabalhar!) e depois que começam as tentativas de assassinato contra ela? O que Lacus me faz? Nada! Só quando chega ao pior ponto do uso da falsa Lacus pra promover politicas (no Destiny Plan) e que ela faz o que devia ter feito desde o inicio da série! Aparecer em público e colocar a farsa a tona! E outra coisa na minha opinião sobre Lacus Clyne; Deus do céu se antes a Lacus antes sem cantar, ela tinha o carisma de uma porta, agora então? O desastre fica pior ainda, com o bônus de sem querer o roteiro reforça um "fator de manipuladora na Lacus", com coisas como: Oh estou sendo caçada por quase o mundo todo, todos querem minha cabeça, o que faço!? Vou as compras!!! (a reação na voz e na animação do Athrun é impagável de engraçada).

  • Além do imenso elefante na sala de se vamos lutar contra algo? Aponte claramente o que está errado no ideal do adversário e não diga somente isto é diabólico! É errado! Isso só funciona no mundo real com controle de imprensa, manipulação publica e em novelas.

  • Eu podia ficar falando mais horas e horas falando das coisas ruins no roteiro, mas vou falar de só mais duas coisas; uma é a volta do Mu la Flaga dos mortos! Se arrepender de matar um personagem não é a primeira vez que acontece algo assim na ficção, mas como o mataram tornou absurda a situação em Destiny (no original da TV temos o capacete dele flutuando no espaço! Coisa removida nas edições posteriores, mas se for ver no HD, mantiveram o "estrago proporcional", que foi levar uma rajada de canhão de uma nave! com direito a só restar o peito é a cabeça do Strike como peças mais inteiras e considerando que a cabine no Strike fica na cintura...), o fato dele estar vivo, queimado e desmemoriado me pareceu mais como um fato de novela mexicana (uma virada que sempre foi usada do cara bom que vira malvado e sempre acaba em piada) do que algo para crer e aumentar o drama.

  • A outra é ligada ao plot armor do Kira (OK! que de certo modo eu concordo com a mudança ao estilo Han Shot First na morte do Nicol, polemicas a parte a mudança do George Lucas foi para tirar um momento em que hoje em dia poderia ser conotado como uma má atitude; mas vejamos nós a situação? Han Solo = Mercenário = a cena original não precisava ser alterada, isso no caso de Star Wars; já no caso de Seed a cena original é a cara de espanto do Kira não faziam sentido algum com a cena, mas com a mudança do eixo de animação, mais o take do Strike largando a espada da mão enquanto "gira o eixo do tronco", fazem a cara do Kira de matei por acidente enfim ter algum sentido), mas as mudanças em um certo momento chave do capitulo 34 não ajuda em nada nesta série, aliás este é disparado o pior capítulo da série junto com o 50; na luta Impulse Vs Freedom; que aliás se tem no HD remaster tem o fato positivo de assim como muitas cenas na série o fato de diminuir a quantidade de beam spam nas lutas e os exageros(que em algumas cenas eram tão grande que mal se entendia quem atirava em quem); eles conseguiram no fim deixar ela menos exagerada é a troca de equipamentos do Shin durante a luta (antes do HD eram CINCO EQUIPAMENTOS USADOS E QUATRO TROCAS!!!), agora foi uma troca total só e usando três equipamentos, o que até melhorou o desenrolar da luta e deixou as trocas como um ato consciente e não de fúria, aliás o momento em que ele  destrói o próprio equipamento; que sendo sincero no HD já tava bem detonado; torna isso num improviso de gênio no HD e não a "destruição gratuita e idiota de peças" de antes. Aliás isso nos leva a pensar? Quantas silhuetas do Impulse cabem na minerva!? OK a parte boa se foi agora vem a parte ruim. também no estilo Han Shot First eles tentaram mudar um ponto que muitos questionam até hoje em que o Kira vendo a dificuldade que ele tá tendo de acertar o Shin, ele avança com o beam saber bem mirado na altura do piloto na cintura é o Shin separa e junta as partes do Impulse para esquivar (além do balé, a reclamação era Kira não mata pessoas porque ele fez isso!? a solução do HD, levanta mais pra cima o braço do Freedom na cena ao invés da cintura, ele vem na mira no peito do Impulse; OK! corrigiu a "intenção assassina" do Kira, mas deixou a cena pra lá de esquisita pois ao invés das peças do Impulse saírem na vertical como foi em toda a série, nesta cena em especifico, elas saem em diagonal!?) sem contar a alteração da ordem de explosões no fim da luta; antes era um explosão pequena que pensavam que era a Archangel e outra do Freedom, no HD deixaram uma explosão imensa só (a justificativa é que aquela "explosão nuclear" são em teoria dois tanques da Archangel, mas ainda fica os detalhes que não alteraram nem a explosão exagerada e nem o "milagroso" botão de desliga do reator nuclear do Freedom).

  • Sem contar que; OK diminuiram absurdamente a reciclagem de cenas e explosões do mesmo Mobile Suit que se tornaram marca registrada desta franquia e que foi usada em quantidade absurda nesta série, mas não tem como tirar as reciclagens que ainda estão no "cerne" do plot como: outro conflito iniciado por roubo de robôs, minha namorada morreu/sumiu = meu mundo caiu pro protagonista e vou dar prêmio de consolação para eles para direcioná-los ao fim (a Lacus foi o do Kira é o do Shin foi a Luna Maria); além de outra vez o turn point da guerra é ORB!!! E mais uma vez o vilão usa como arma final um canhão da morte.

  • Se ainda sobreviveu a todo esse apocalipse saibam que isso já foi pior ainda! O fim da série sempre foi modificado em todas as versões sempre adicionando mais e mais (para terem uma ideia o fim da série na TV é na imagem da destruição da Gênesis), mas ao menos juntaram todas as adições em uma só neste HD Remaster = tem tudo desde os discursos, a bela cena do recuo das tropas, o regaste da Luna e Shin pelo Athrun, a cena do memorial em ORB (onde temos o único momento simpático do Shin) é também a cena da posse da Lacus no supremo conselho de Zaft; o que me deixa cheio de perguntas? Lacus odiava politica! Então só porque os fãs da série reclamaram disso, então vamos mudar a personalidade dos personagens de novo e faze-la tomar o comando de Zaft!? Sem contar o Kira aceitando fazer parte de uma força militar!? Athrun com uniforme de ORB (o único motivo dele ter ficado em ORB se chama Cagali Yula Athra! Se ele rompeu com ela? Como dá a entender do episódio 40 em diante, porque permanecer lá? Ainda mais com a parte do monumento! Que da à entender que ele é a Meyrin vivem juntos!?).

  • O mesmo dito a Seed se aplica aqui a exclusividade do stream no Youtube na Ásia e Oceania, somado as vendas dos Blu Rays só poderem ser feitas no Japão são decisões idiotas da Bandai que só tornam a série em si num material inviável ou só para fanáticos devido aos autos custos para comprar, isso só incentiva o Stream ilegal é a pirataria.


Conclusão


Dou a ela a nota 3,0 é uma das piores série da franquia e para muitos também (para mim é a pior série da franquia), uma verdadeira aula do que não se deve fazer e olha que em minha opinião tem mais coisas ruins ainda pra se dizer, isso é só um apanhado do "principal" (eu adorava Athrun e Cagali juntos e pessoalmente odiei a maior parte do tratamento dado a relação deles, mas isso é minha opinião pessoal, se podia funcionar os dois separados na trama? Eu não sei, talvez sim! Mas do jeito que foi executado? Eu odiei do fundo da alma) Sendo sincero considere isso um "fan fic" (algo do tipo nossa as coisas poderiam ter andado assim se continuasse, mas se mudarmos algumas coisas no "cerne" disso? talvez melhore? isso não é algo "canônico"? E se isso não existiu e continua-se de outra maneira quem sabe? São maneiras de se pensar e evitar o que houve).


A real para mim foi que destruiu qualquer chance de algum ser humano na face da terra de trabalhar com esta parte do "cânon" da franquia Seed, descaracterizou diversos personagens, inclusive alguns amados pelos fãs e ainda por cima matou algo que se fosse bem trabalhado por outras pessoas, poderia ter durado mais e em melhores condições (dou como exemplo Gundam Seed Stargeizer que para mim provou junto com muitos dos materiais "laterias" que dava para fazer tudo muito melhor e mais interessante com o universo da franquia; para terem uma noção a linha de mangas Astray durou de 2002 até 2012 e alguns deles ainda estão sendo republicados até hoje!).


E olha que mesmo o material original trabalhado por outras pessoas rende muito bem (ao menos para mim) e são muito mais ricos (um exemplo perfeito disso é o jogo Generation of C.E, quando foi feito eles só tinham o roteiro da série até a luta contra o Destroy e não tinham mais nada dali em diante; além do jogo ter sido lançado antes do fim da série de TV para PS2; nele tem quatro cenários alternativos depois do meio da série pra o jogador não sentir que o jogo acabou no meio e ouso dizer que até o pior deles; que foi a revolta de Meer é melhor que o material original dali em diante!).


Só recomendo assistir esta série se amou de paixão Seed ou se quer ver como seria a continuação daquele universo? Talvez no fim considere isso um "fan fic" muito do mal feito!? E pense no seu "fan fic" melhor!? Ou talvez se for masoquista ou um "idiota" que nem eu que sobreviveu com minha sanidade intacta (ou talvez não) em assistir isso três vezes (em épocas distintas diga-se de passagem) para dar a melhor chance numa critica....


Sobre legendas nenhum sub (Americano) trabalhou com ela, mas se acha com dificuldade em fã subs europeus com alguma pesquisa bem detalhada e também copiado do stream do Youtube em inglês se quiser ver em português terá que se contentar com a versão do MDAN feita em cima da versão DVDs da série, consegue acha-la no próprio tracker do sub (escondido, mas está nos resultados de pesquisa).


Mas lembrando que a série está atualmente em disponibilidade no Crunchyroll com legendas em português.

Disponível no Crunchyroll

Nossa mulher como você foi maltratada nessa série! Ainda sinto pena até hoje!
Mais uma vez a esquerda está a versão TV é a direita o HD remaster e vejam a "diminuição" do spam de raios!

Trailer

Mais uma vez dois bônus só pra termos de humor...Pra resumir o meu sofrimento com esta série...Lembrando que se forem estes OVA´s licenciados no ocidente eu serei obrigado à remove-los da página.

Gil envia a equipe "Rocket" ao passado pra acabar com a amizade de Kira e Athrun (quem dera que fosse, pois só tem os subordinados de sempre; então...que azar de não poder voltar no tempo e contratar alguém menos incompetente?...).

Missão acabar com o relacionamento de Lacus e Kira! Com Shin depois de várias perdas! Tenta uma atitude desesperada pra salvar o plano, o que leva à um dos momentos mais hilários da franquia! Que só prova que...o universo conspira para que tudo dê certo pra Lacus.


Links úteis

Site oficial do HD Remaster (em japonês)

Site oficial de Gundam Seed Destiny (em japonês)

Gundam Seed Destiny no Wikipédia (em inglês)

Lista de episódios de Guindam Seed Destiny (no Wikipedia em inglês)

240 visualizações

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com