• Senryu

Grande top 10 melhores e piores animes de 2020 segundo nós do Brasil Anime Café e a Internet.


2020 terminou e um novo ano surge! O ano que passou não foi fácil pra ninguém em diversas maneiras. Mesmo no mundo do entretenimento e dos animes se teve problemas e pausas em produções o que levou a este ano ser um pouco mais reduzido que os outros.


Então num ano tão "desafiador" onde até o Omelete fez suas listas! Porque eu não faço uma minha!? E ainda mostro como se "coloca" o peso na internet? Então vou fazer algo BEM MAIS CLARO! Vou pegar as médias de um site popular agregador de notas e com alguma metodologia fazer uma lista! É como tenho coragem vou por junto uma lista minha, mesmo este ano ter a "desvantagem" pra vários "críticos" de ter trabalhado por quase toda a crise.


Vamos explicar um pouco as coisas. Serão duas listas de piores e duas listas de melhores. Sendo uma lista de melhores e piores inteiramente baseada num site agregador de notas, este o escolhido foi o MAL (My Anime List), nestas listas como critério decidi que continuações com mais de 3 "partes" estão fora (então tchau Haiykyuu! To The Top) por já ter publico consolidado, filmes também (devido a eles terem naturalmente uma média alta e muitas vezes a media ficar presa a quem viu no Japão ou por meios ilegais; e dar nota por cam rip e o fim da picada...) e também não vão ser consideradas produções com um episódio ou especiais. Lembrando que isso vale tanto pros melhores quanto pros piores e também lembrando que só precisa a produção ter estreado em 2020, eu não tenho restrições se ainda está no ar ou se terminou em 2020!


No meu caso (Brasil Anime Café) é mais Tim Maia. Então vale, vale (quase) tudo!!! Pois o objetivo daqui e dar dicas. E produções curtas e filmes são ótimas dicas rápidas de se ver e curtir com a família. Então as únicas restrições são: especiais de um episódio e series com mais de 3 "partes" e vale bem relembrar QUALQUER PRODUÇÃO que estreou entre 1° de Janeiro e 31 de Dezembro de 2020 conta aqui! Independente de ter fechado ou não a produção nesse período.


Dependendo de como isso "render" posso ver soluções melhores pra um próximo ano como: outro agregador, votação em algum fórum (tenho um lugar em mente) com o voto popular peso 2 ou 3 Vs a minha opinião. Eu confesso que montei isso em cima da hora pra compensar atrasos de análises aqui. Ficou legal mais gostaria de montar algo "maior" e melhor (e aproveitando pra avisar que em 2021 o ritmo será menor, pois vamos aqui como diria o Toguro mais na maciota e vamos entregar análise a cada duas semanas).


Quem sabe com pouco mais de tempinho e organizando as coisas durante o Janeiro em 2022 eu implemente coisas melhores, mais democráticas e bonitinhas (resolvi isso tão em cima da hora que nem pedi ao artista do canal pra fazer os troféus e tive que improvisar algo, ano que vem tem algo mais bonitinho).


Então antes de entregar a lista deixo os meus desejos que 2021 seja um ano de paz, prosperidade, realizações e saúde à todos vocês! Que vocês tenham um ano bem melhor que 2020.

Top 10 melhores animes de 2020 - Segundo a Internet (My Anime List)

Menções Honrosas:

Demon Slayer Infinite Train movie - O filme de Demon Slayer saiu no fim de ano, ainda sob os efeitos da crise do vírus C e com restrições em salas de cinema; mas sua qualidade, o boca a boca e a qualidade de adaptação do Ufotable o ajudou a se tornar a maior bilheteria de todos os tempos no Japão e a quinta maior do mundo em 2020.

Made In Abyss filme 3 - Este filme trouxe uma parte nunca vista antes do plot de Made In Abyss e conseguiu amplificar tudo que a serie trouxe antes (grande drama, ótima ação, uma dose certa de trazer novos mistérios e ir respondendo os antigos, aliado á uma atmosfera de "estranha" e de descoberta mantida pelo conjunto direção, roteiro e trilha sonora excelentes).

Fate/Stay Night Heaven´s Fell III - Spring Song - Se filmes fossem considerados nessa listas? Esses três filmes dominariam os três primeiros lugares facilmente, o que pode ser uma demonstração que mesmo nessa crise foi um ótimo ano pra filmes em animação no Japão.


10. Kakushigoto - Nota Média 8,03 - (Funimation)

A comédia do pai que esconde o seu emprego de mangaka da filha pequena, me interessou muito. Mas na época que passou eu tive dificuldades pra acompanhar é isso só melhorou com o lançamento da plataforma da Funimation, sempre ouvi falar bem dessa serie; mas devo confessar que ainda não a vi.

9. Sleppy Princess in the Demon Castle - Nota Média 8,04 (sem distribuição no país)

Esta aqui eu vi e adorei! Nunca uma serie que é tão dependente de "uma piada" conseguiu ser tão divertida. Sem spoilers, mas num paralelo "tosco" e como se fosse Phineas e Ferb, só que em anime e ainda melhor! Criativa mesmo usando uma serie de piadas ligadas ao tema sono! E que ainda consegue falar sobre amizade, discriminação e preconceito enquanto te faz rir, uma grande joia! Mas a Funimation por algum motivo bizarro decidiu não distribuir esta maravilha no Brasil e em troca decidiu trazer esse troço aqui!? Se fosse dar dois chutes? Um seria que isso foi decisão de pré temporada. E vendo isso hoje? Pior decisão já feita até agora!

8. Dorohedoro - Nota Média 8,11 (Netflix)

Isso é mais uma das coisas que tenho que dar um tempo e ver isso completo. Diferente, ultra violento e num 3d ótimo, foi uma das grandes surpresas do ano.

7. Keep Your Hands off Eizouken! - Nota Média 8,17 (Crunchyroll)

Este anime é uma carta de amor aos animes, aqui se tem demonstrações quase na prática sobre como series são animadas, discussões de como se torna cenas melhores e várias conversas atravessando vários gêneros de animação, épocas e idades. "Educativo", divertido e sempre estimulante.

6. Great Pretender - Nota Média 8,41 (Netflix)

Esta serie é uma homenagem aos filmes de Hollywood sobre assaltos e de golpes, num estilo bem cinematográfico, sabe montar bem sua situação, o drama e as soluções (essas podemos discutir um pouco no futuro) e sempre manter o interesse renovado a cada novo ato. E além disso tem uma trilha sonora excelente.

5. Tian Guan Ci Fu - Nota Média 8,45 (sem distribuição no país)

Eu ouvia dizer de uma serie chinesa que foi excelente este ano, mas nunca ninguém sabia dizer o nome, só que tinha uma chinesa de vermelho batendo muito. Ao olhar as médias isso aqui surpreendeu muito e ao ver o trailer? OK! anime misterioso achado!

4. Jujutsu Kaisen - Nota Média 8,49 (Crunchyroll)

Esta serie tem um diretor que pra animes de ação promete um grande futuro: Seong-Hu Park, mais de uma vez ele. mostrou grande talento e vem reforçando isso com esta serie; mas eu tenho minhas restrições quanto a ela e não acho como a maioria dos críticos fazem a "previsão" de a considerar o "próximo" grande da Shonen Jump. O que me faz achar Jujutsu passável ou no máximo algo com potencial mas fraca, são dois problemas graves que ela tem: a incrível falta de desenvolvimento de todo o resto do elenco (basicamente não me importo com nenhum deles, nem sequer me importo com o Itadori que é o protagonista, o que me mantém até aqui são personagem como o Sukuna, o panda é o Gojou), já o meu outro problema é o nível de poder muito alto pra começo de história (numa comparação tosca me faz lembrar um episódio da serie do Superman em que ele se disfarça como o "Morcego" e resolve as coisas em Gotham com uma facilidade constrangedora, em vários momentos me sinto assim nessa serie é isso não é bom! Aliás não ajuda já no terceiro arco já ir pra coisa mais comum de um anime shonen de ação, um torneio).

3. OreGairu - My Teen Romantic Comedy Snafu Climax! - Nota Média 8,49 (temos um empate! Mas o critério desempate é quem saiu mais cedo define a posição) - (Crunchyroll)

O grande e mais esperado romance do ano! E uma das series esperadas em todos os top de melhores do ano, mas no Brasil o anime sofreu do problema da falta de disponibilidade por meses e ainda o lançamento do final sem o resto das outras duas temporadas! Pra nossa sorte a Crunchyroll consertou este problema e lançou tudo após o fim do anime.

2. Re: Zero - Starting Life in Another World Temporada 2 Parte um - Nota Média: 8,55 (Crunchyroll)

O retorno de Re: zero que trouxe bastantes novos mistérios e poucas respostas, vamos ver se isso se modifica nessa segunda temporada. Pois ao menos trouxe um pouco de empatia pelo Subaru; mas ele ainda é o maior ainda é o problema pra qualquer um gostar ou odiar a serie.

1. Kaguya-sama: Love is War Temporada 2 - Nota Média: 8,77 (sem distribuidor)

Engraçado que uma das grandes series do ano ficou sem representante algum pra sua segunda temporada. Só lembrando que a primeira foi distribuída pela Crunchyroll no Brasil, mas pertence os direitos a Funimation, outra furada sem tamanho da Funimation que não sabemos se será remediada ou não já que uma OVA e uma terceira temporada já foram anunciadas.

Esse ano teve uns sete animes que se destacaram do resto (não achem esquisito estar na lista de quase todo mundo de melhores do ano series como: Eizouken, Great Pretender, Kaguya, Re: zero, Oregairu, Dorohedoro e Interspecies Reviwers; variando do gosto das pessoas essas se destacaram facilmente do resto e fatalmente você vai ver as sete ou ao menos quatro delas na lista de todo mundo que tem algum senso critico) e com esse ano tão "espaçado" e com uma temporada praticamente vazia, meio que facilitou as coisas pra cima, no meu caso esta lista reflete (vale relembrar) mais as coisas que eu vi e ficaram vivas na minha memória (pode não ter coisas que você ache melhor, mas como não vi algumas coisas interessantes em nome de procurar raridades, então pode ter algo que tenha ficado de fora).


Top 10 Melhores Animes de 2020 - Brasil Anime Café

Menções Honrosas:

The God of High School - O diretor com praticamente duas temporadas de manhwa e quase 3 anos de revista pra adaptar fez uma decisão ousada, em apostar o máximo nas lutas e nas animações de "poderes" do que na história, ele sempre deu o mínimo pra entender os personagens e até o episódio 10 ouso dizer que deu certo; muito pela "trama" do mundo em perigo e disputa de poder ter ficado em secundário, daí me trazem isso ao palco principal junto com o "tubarão Sephiroth" é a coisa termina com dois episódios terríveis em sentido e do porque lutaram, mas ainda termina com ótimas nas lutas, a serie tem ótimas cenas de ação e cumpre bem a parte de lutas, mas taca-la nas piores do ano? Vem a pergunta? Cadê vocês colocarem Dragon Ball Z entre os piores! Seus hipócritas? Pois aqui o caso é o mesmo e facilmente entendível! Temos igualmente algo que é excelente nas lutas, mas péssimo na história. Por isso eu ainda o destaco nos melhores, mas não entra nesta lista pelos seus outros problemas.

Ishuzoku Reviwers - Apesar da premissa bizarra isso foi uma adaptação bem inteligente que soube fazer melhor que seu material original e ousar. E uma serie bem engraçada, mas só não tá lista pois eu não terminei de vê-la com uma tradução boa (e nossa como esta serie depende disso).

Deca-Dance - Esta foi uma serie bem criativa e a virada do episódio dois é genial! Criou uma grande base de mundo e personagens bem memoráveis, mas o fim covarde e "sem consequências" atrapalha demais as coisas.

Dragon Quest: Adventure of Dai - Tem o desafio de adaptar algo dos anos 80 e com isso tem que controlar coisas da época como nível de violência (que não pode pelas regras de TV de hoje ser traduzido literalmente pro horário que passa as manhãs), o vocabulário pois era mais aceitável algo mais dando voltas, explicando e reforçando nos diálogos as explicações e se tinha longas pausas entre as lutas acirradas. O bom dessa adaptação e que até aqui eles optaram em fazer diferente de tudo do anime original e tentar trazer essa história pros dias de hoje com isso a serie se tornou muito rápida, com diálogos mais direto ao ponto e ainda assim afiados, com lutas quase sem paradas e sim com algum alívio na violência, se tem lucros e prejuízos nessa troca, mas no fim se tem algo muito bom e impactante; mas a TOEI "meio termo" que anima isso aqui tem momentos geniais como os closes dramáticos de Crocodine Vs Fly e Pop no castelo e a rotocospia de Hyunkel Vs Fly sendo atropeladas por algumas cenas de dialogo bem desleixadas...


10. Pokémon Twilight Wings (Youtube,)

O que uma serie de curtas tá fazendo aqui? Ela foi excelente no que se propôs em mostrar Galar e seus principais personagens e nossa como em pouco tempo ela conseguem fazer isso com uma beleza, maravilha e senso de descoberta que deixaram a serie há anos! Isto é fantástico, sensacional e tão pouco apreciado (ao ponto de nem ser traduzido ou dublado pra o site oficial de Pokémon no Brasil). Isso é algo apontando pro lugar correto que a franquia pokémon deve ir, em nome de se renovar e melhorar. Eu apreciaria mais series dessas longas, pois isso aqui bem prova que Pokémon tem um mundo tão rico e vasto, que pra fazer algo bom? Pokémon não precisa depender do menino com nome "cinza" e nem da máquina de grana amarela em forma de rato...

9. The Misfit of Demon King Academy (Crunchyroll)

Esta serie graças ao seu conjunto, conseguiu algo bem raro e pouco imitado. Fez um personagem apelão que é crível (só prestar atenção nas falas), soube fazer um bom humor, zoar um pouco com o estilo e ainda teve tempo de passar lições sobre igualdade e sobre o que te faz são seus atos e não sua origem! Fez isso sendo simples com umas pitadas "leves" de complexidade e conseguiu um resultado que muitos querem imitar e quase ninguém consegue. Além disso quem mais faz isso? De quando as coisas apertam o Protagonista vem cantar a abertura! (já fizemos analise aqui)

8. Gundam Build Divers Re: Rise 2ª temporada (Crunchyroll e Youtube)

Isso exige vencer preconceitos que as pessoas colocam como todo o spin off de gundam é um comercial de brinquedos e o Youtube é só lar de series lixo. Ouso lhe dizer que isso é uma perola no meio do lixo pois trata de assuntos que pouquíssimas series de gundam tratam como genocídio, experiências traumáticas e ainda no meio disso consegue ainda fazer um real crescimento de todo o seu elenco! Tem um tema bem afiado e ousado pra uma serie "infantil" (pois de infantil só tem elementos, isso aqui é algo mais pixar, foi feito e pensado pra atingir desde da criança ao pai que vê junto é o faz não só com um espetáculo visual, mas com um texto afiado que dá boas conversas sobre o mundo atual e sobre entendimento); só não está mais alto porque a crise afetou um pouco a produção (e se nota que mesmo sendo bem cuidadosa, ainda tem algumas falhas de produção bem sunrise). E sendo sincero mesmo com o excelente final! As surpresas daqui são menores que as surpresas do começo, num total é uma grande e imperdível serie, mas tivemos mais coisas incríveis no ano.

7. Great Pretender (Netflix)

Esta necessita que você aceite o que ela oferece. Se gosta de series (ou principalmente filmes) de roubo, ação e "malandragem" americanos? Então isso é prato cheio que vai te fartar pois tanto na trilha quanto no contar da história, este anime emula o estilo muito bem.

6. Akudama Drive (Funimation)

Pra simplificar isso eu diria que isso aqui é como os filmes do Tarantino recentes (tem os filmes do começo de carreira do Tarantino que tem erros básicos, junto de grandes problemas e tem os filmes mais recentes em que ele aprende com os seus erros e tenta aprimorar seu estilo que é muito mais com violência "estilizada" e impacto visual). A função dela não é te dar um dialogo complicado e sim te dar violência estilizada (e no começo nossa como consegue isso na excelência), algumas coisas passadas no visual (inclusive homenagem a filmes em todos os episódios); o que eu gostaria de ver alguém com conhecimento de cinema falando (ainda mais se caçar as referências); já que as homenagens ao cinema e as "criticas sociais" são mais mostradas e são símbolos, e fica tudo muito mais mostrado do que falado. É uma grande serie de ação que tem um estilo mais "Tarantino" de ser, tem uma grande parte musical e só tem contra ela a virada repentina no episódio oito, mas a serie volta a "programação normal" no fim do episódio dez.

5. Tonikawa: Over The Moon for You (Crunchyroll)

Aqui temos algo que apostou em só fazer o mais simples de um romance. Então já deu seu "jeitinho" de já juntar o casal principal e mostrar como é uma vida de recém casados. E ao fazer isso é tão fofo, carinhoso, belo e tão romântico que mesmo sendo "simplório" o tempo todo e tendo rivais e outros personagens com a importância pra trama de uma moeda furada??? Ela consegue ser fabulosa no básico e isso é o que importa aqui. Se quer um romance com doses de humor? Esta serie é obrigatória!

4. Sleppy Princess in Demon Castle (Funimation)

Funimation traz aí! Não sobrou muito o que falar além de que foi uma grande e agradável surpresa desse ano.

3. D4DJ: First Mix (Crunchyroll e Youtube)

Deixa eu ver as regras? Não tem nada dizendo que tem que terminar em 2020! Então não tem problema! Esta serie tem sido uma imensa surpresa desde o seu começo, indo desde da melhora Sanzighen em animação, ao respeito ao assunto, as dicas e demonstrações de mix feitas tanto faladas quando mostradas e ainda consegue desenvolver personagens e ser divertido (e a campanha no Youtube merece elogios, por criar hype a cada episódio como Gundam Build Divers Re: rise fazia, mas ainda conseguindo dar seu tempero a formula com shows exclusivos na plataforma!) Uma grande surpresa (que deveria ser mais conhecida!), um grande respeito e divulgação a "cultura" dos DJs e mixagens em geral e só tem duas coisas melhores.

2. Made In Abyss Filme 3 (sem distribuidor)

Este é um grande filme que continua maravilhosamente a serie (e como filme não é limitação aqui), só tenho contra ele um detalhe ou outro e a maneira que a aniplex resolveu vender que é meio...proibitiva.

1. Keep Your Hands off Eizouken! (Crunchyroll)

Ainda tenho que revê-la qualquer dia, mas é algo impressionante em como ela consegue "fugir" de ser episódica, consegue te ensinar sem ser chata e faz isso com uma paixão que pra mim não tinha como colocar em outro lugar.


Top 10 Piores animes de 2020 - Segundo a Internet (MY Anime List)

Menções Desonrosas:

Chou Futsuu Toshi Kashiwa Densetsu R - Isso é a terceira parte de uma "franquia" que nunca passou no Brasil, não conheço, mas o trailer tem uma vibe de Ninja Collection só que melhor feito!? E só se salvou por ser a terceira parte de algo?

Ilha dos Insetos Gigantes - Isto é um filme e "naturalmente" isto deveria "salva-lo" de estar aqui, ainda mais que foi a Passione que o fez e ainda fez Interspecies Reviers no mesmo ano. Então o que poderia dar errado? Hum nesse caso tudo e mais um pouco.

Listeners - Isto teve um empate com o 10º, mas decidido por ter sido lançado depois o que o salvou, mas a sinopse dele é um meme pronto e não consegue passar disso.


10. Hatena Illusion - Nota Média 5,39 (Crunchyroll)

O que acontece quando se faz uma história de ladrões "elegantes" (a lá as histórias de Arsene Lupin). A qual os ladrões e que são assaltados toda a hora? A personagem principal (é título!) é derrotada por quase todo mundo! É o destaque da serie é o ajudante dela!? Que tem um harém atrás dele com direito a episódio de piscina com desfile de biquínis estrelando todas as garotas juntas (incluindo a vilã vestindo biquini porque sim!?) E mesmo não tendo visto. Eu entendo estar nas listas de piores.

9. Shironeko Project: Zero Cronicle - Nota Média 5,32 (Crunchyroll)

Baseado num game de android que já tem uma história ruim, inclua ser pessimamente animado e ter diálogos piores ainda, o que resta pra ser diferente ou salva-lo? Uma história de Romeu e Julieta que só é insinuada e jamais vai a frente é este anime vira meio um bilhete pra ser lembrado como pior; eu já pulei fora no trailer ruim e pelo que ouvi dizer...fiz bem em apostar bem mais em Kimi sen.

8. The House Spirit Tatami-Chan - Nota Média 5,25 (Crunchyroll)

Curtas são um risco e por isso muita gente os ignora. Num ano com Twilight Wings fica meio injusto excluí-los, mas devo alertar que "ter" média baixa é meio que um normal desse tipo de produção e você ainda verá outras três aqui, mais ou menos pelo mesmo motivo fez o básico e não agradou, nesse caso foi histórias de humor que não deram muito certo.

7. Don´t Call us a Junk Game - Nota Média 5,21 (Crunchyroll)

Levanta a mão quem já viu piadas sobre RPG darem errado por justamente só repetirem os clichês? Daí você tem o problema desse curta.

6. Shadowverse - Nota Média 5,14 (Crunchyroll)

Tivemos vários imitadores de Yu-Gi-Oh, o que o puxa pra baixo aqui é a produção descuidada e com extrema preguiça desde do design ao roteiro.

5. Kyozinzoku no Hanayome - Nota Média 5,13 (sem distribuidor)

O que acontece quando se faz um "romance" em que um rei constrange um rapaz toda hora pra namora-lo e também pra fazer "algo mais"... Só surge algo constrangedor e que é melhor não lembrar junto com isso aqui, só a diferença é Hanayome teve mais azar...

4. Hentatsu - Nota Média 5,13 (seguindo critérios desempate o mais velho tem o desprazer de ficar na frente) - (sem distribuidor)

O amado diretor de Kemono Friends tem a chance de refazer um curta, como serie de TV que é basicamente é sobre meninas fofas conversando sobre mangá e anime é isso não animou o povo.

3. Rail Romanesque - Nota Média 5,01 (Crunchyroll)

Meninas trem, sem meninos, só fazendo coisas fofas é onde já vimos isso antes? o que leva a questão? Merecia média tão baixa? Talvez seja algo que só vendo pra descobrir.

2. Gibiate - Nota Média 3,96 (Crunchyroll)

Se esperava muito de um time estelar, mas a serie falha miseravelmente em praticamente tudo e o mais próximo de uma explicação que temos é um nome que vou falar depois.

1. Ninja Collection - Nota média 3,87 (Crunchyroll)

O que acontece quando se faz um spin off e se terceiriza a animação pra três estúdios? É um deles é filial do Queen Bee? (deixo pra vocês pesquisarem, mas já aviso que é um estúdio ruim de animação adulta/hentai) Se tem um imenso desastre.

A parte dos piores é outra coisa inteiramente diferente. Pois no ano inteiro só teve três animes realmente bem ruins (e dou uma pista são os três primeiros lugares daqui) é o resto que passaria como só como ruim ou mediano em qualquer outro ano? Vão acabar entrando por causa do gosto e indo parar na minha lista ou da de alguém... por esses motivos e com certeza essa vai ser uma lista difícil e que sempre vai ter algo que as pessoas vão reclamar.

Top 10 Piores Animes de 2020 - Brasil Anime Café

Menções Desonrosas:

The Irregular at Magic High School: Visitor Arc - Isto é uma aula de como fazer tudo pior que o estúdio anterior, vamos a lista de coisas que me incomodaram: Seguir mais o mangá e deixar BEM CLARO que Miyuki e Tatsuya são amantes! Feito!, mais closes em peitos e bundas por motivos!? (é isso mesmo! ainda mais! E com direito a deixar todos os uniformes femininos justinhos como os do mangá) Feito! Deixar o Tatsuya ainda mais quebrado com ou sem o selo (bom não tinham muito como fugir disso, pois em termos de poder a Sirius já é uma péssima rival já do material original, mas optaram pelo copiar e colar) feito! E ainda desvalorizar a Ange de todos os jeitos possíveis e trata-la como a "irmãzinha" do Tatsuya! Aí foi o fim da picada (só me digam se sou eu o errado aqui? Quando só se tem cenas dela na casa dela somente com ela vestindo roupa intima em 90% do tempo e ao mesmo tempo o Tatsuya dá abraços e se sacrifica por esta estranha e simultaneamente trata a irmã pegando ela pela bunda e com direito a cena de liberação do selo com os dois nus. Com isso pergunto? sou eu o errado!? Ou o diretor não entendeu o memo do que é amor de irmão e do que é amor romântico??? Pra mim sendo sincero Mahouka tem coisas boas nessa temporada como um equilíbrio nas explicações pseudo científicas, mas essa temporada cometeu erros muito graves, que se não fosse os valores de animação e produção? Estaria fácil nesta lista.

Sword Art Online: War of Underworld 2ª temporada - A situação é similar a Mahouka pra não estar na lista final? Os fatos salvadores foram efeitos, canções, alguns valores de produção bons, mas em compensação como esse arco abusou de: o mesmo cenário de céu vermelho e planície no máximo tivemos três cenários antes do episódio final, grande piora da narrativa (que já era natural da novel ser bem ruim é o pior trecho dela disparado, mas por deus! A falta de um coordenador de roteiro se fez aqui ao ponto de... se recusaram a colocar os nomes de quem fez o roteiro... aqui nunca teve um coordenador ou vice diretor cuidando disso, mas...é a primeira produção grande sem ninguém sendo creditado por roteiro e a primeira vez de SAO assim!) Some com erros e problemas tão diversos de produção antes e depois da crise e nem vou falar de Leafa + tentáculos, Alice por Sedex ou os personagens de ordinal scale apanhando no lugar da Asuna, pois isso vai levar a uma montanha de más lembranças e sinceramente isso não está na lista por "uma" unha de diferença.

Appare-Ranman! - Vendo o anime e os PV´s não dá pra saber o que a serie quer te vender: uma comédia? (tem alguns bons momentos), uma corrida maluca? (só tem quatro episódios de corrida num anime com doze episódios), drama? (o drama é muito ruim e com duas coisas que fazem no episódio 11 ficar impossível levar isso a serio), o período histórico? (das grandes invenções, só se tem dois episódios seguindo essa linha, o primeiro e o penúltimo) ou o Appare? (que sinceramente esta é a pior de todas! Pois o Appare do começo do anime é o mesmo do fim, é egoísta demais pra se importar com esse personagem e os atos dele na serie só fazem acumular mais e mais raiva pelo o quanto ele é mimado!), no fim é algo que tentou tudo e não obteve nada.

Dogeza - Um curta com aposta total numa piada: que a posição de Dogeza consegue qualquer coisa! E quando falo qualquer coisa e no sentido de favores indecorosos. Isso só é ruim e vulgar, mas fica o registro que assim como outras coisas citadas aqui o desastre vem nas pequenas e grandes doses.


10. Sakura Wars The Animation (Funimation)

Já fiz análise aqui; mas num resumo, pegue uma equipe de produção ruim e desanimada, some a uma sequel de algo que tentou ser um reboot e temo que se tem algo com crise de identidade e que nem sabe pra onde ir, some isso a um trabalho pior que no jogo (nem isso tem de desculpa pois foi a Sanzighen que fez as Cg´s do jogo e por algum motivo bizarro jogou fora a remodelação feita no jogo e que era ótima, e usou outro software que simplesmente destroçou TODOS OS PERSONAGENS, a única coisa bela aqui são os mechas. E trama? Que trama? Temos outra reciclagem do primeiro arco das serie original de Sakura Wars e ainda por cima conseguem se sair pior!

9. 8th Son? Are You Kidding Me? (Crunchyroll)

Mais um Isekai! Olha ele no começo parece saber os elementos que precisa evitar pra não ser mais um Isekai chato, mas com o tempo a trama fica chata e ainda cai no erro das "soluções fácies", com personagens ralos e com isso a trama vai ficando mais e mais medíocre até o final "previsível". Só tá na frente de Sakura? Por ter um elenco de vozes mais animado e um começo absurdamente melhor.

8. I´m Stading On a Million of Lives (Crunchyroll)

Pelo que converso com outras pessoas? Faz parecer que a novela em que se baseia é absurdamente melhor. Pois temos aqui um Mestre de RPG nudista e com sotaque interiorano, uma tenista patricinha (e que por incrível que pareça é a coisa mais próxima de um ser humano aqui!), uma deficiente não tão deficiente assim (e detalhe nunca falam da doença dela...), uma Youtuber com complexo de "casais" (e que nas horas vagas se acha uma menina mágica quando isso interessa ao roteiro...pois só foi lembrado duas vezes é a segunda...), uma espadachim que quer ver carne sendo cortada (é a coisa mais próxima de simpatia que vai ter aqui! Acreditem se quiser! Muito disso vem de ser uma das poucas personagens honestas daqui) é um protagonista com esquizofrenia que hora se importa com seus amigos ao ponto de por sua vida e mente em risco em nome de proteger os amigos com o quais se importa, pra no episódio seguinte chamar todos de lixos, falar que não se importa com a humanidade pois todos os humanos são lixos depressíveis e que ele é o único merecedor em uma cidade que ele não se importa. Daí me pergunto em que "versão" do protagonista eu acredito? Se bem que to pensando demais de um jogo com a roda do Silvio Santos rodando empregos? Ou que teve uma quest cumprida por uma menina delirando que era uma garota mágica e que no meio do delírio põem fogo em si mesma! (detalhe no meio de uma nevasca forte!) E é milagrosamente salva por uma maga que tem um Dodô voador que consegue cumprir a quest que precisavam??? Isso não dá nem pra levar a sério e nem na zoação! É só algo ruim.

7. Rent A Girlfriend (Crunchyroll)

Isso fez algum barulho na temporada que foi lançado mas..., é bizarro um sucesso de uma história "romântica" na qual um cara tem que pagar pra sair com a garota (isso é prostituição pra começo de conversa e não me venham com o não tem a palavra com S... e por isso não é prostituição, pois isso sempre foi "extra pago" desse tipo de coisa; Uma Linda Mulher trata de algo semelhante e é milênios melhor! Sendo mais honesto, direto e detalhe foi feito há 30 anos!), junte o fato do nosso "herói" ser o pior homem da face da terra (opto por não detalhar os defeitos dele..., pois ficaria horas só nisso) e de que as mulheres são irreais: temos a típica japonesa (Chizuru, só dê doses colossais de tolerância), a me desculpe o termo melhor mas a puta típica (Mami), a colegial (Ruka, com a desculpa de paixão mais idiota do mundo, aliado com atitudes insanas pra "condição" que ela tem) é a inocente (Sumi, que só aparece aos 45 do segundo tempo da serie é a personalidade dela não condiz com o trabalho dela se é que me entendem), com isso vocês tem o que é pra mim a tempestade perfeita de se arruinar um romance com: personagens desinteressantes, falta de clima e personalidades horrendas.

6. Dragon´s Dogma (Netflix)

Pegue alguém que não entendeu patavinas sobre o jogo! E resolve misturar com algo ocidental que achou legal e não entendeu porcaria alguma e nem sequer fez pesquisas! Nos temos Dragons "eu não sei o que sou" Dogma, adicione altas doses de CG´s mal finalizadas, com um drama bem ruim e junto de uma lição que não bate! Só por curiosidade mórbida vejam o episódio da Luxuria e o da Traição pra saberem o que estou dizendo...

5. Peter Grill and The Philosopher´s Time (Crunchyroll)

Olha isso poderia estar na "rabeira" da tabela por uma desculpa simples de quem tem preguiça e não faz nem uma pesquisa de um minuto. A desculpa que isso vai pra TV e por isso ele não "pode" ir mais na proposta dele? Ok! Só tem duas coisas que demolem esse argumento: uma e que hoje em dia os lançamentos em home vídeo em especial no Japão são bem liberais se informar a classificação indicativa certa, a segunda e que torna essa serie mais imperdoável e que já no lançamento dela (inclusive com isso passando num canal adulto o AT-X) foi feita uma versão sem censura (inclusive disponível na Crunchyroll via opções de autorizar conteúdo 18+) é a diferença dela contra a TV? E que aparece mais "carne", se é que me entendem; é a mesmíssima coisa só que sem efeitos ou fumacinhas salvadoras. Isso já seria ruim o suficiente se a serie não fosse sobre um cara que não consegue se controlar quanto a trair a noiva. É o faz várias e várias vezes com quatro desculpas de seres vivos do sexo feminino e com direito a várias cenas pra como vou dizer animar pré adolescentes. No fim não tem coragem de ir em frente pra ser um hentai e nem sabe fazer piada pra ser uma comédia.

4. Japan Sinks 2020 (Netflix)

Eu poderia perder um tempão dizendo o quão isso sai da sua proposta e no quanto transforma um drama de sobrevivência em um horror de se ver. Mas só vou citar quatro cenas que são verdadeiros memes pra convencer você a cair fora disso: O Nabo voador do papai!, Castigo divino a Jato!, Seita religiosa com rave e erva grátis! é a que acho melhor uma das melhores: o Youtuber Ex-máquina e seu tanque anfíbio!

3. Ninja Collection (Crunchyroll)

Isto ainda tem a desculpa que é um curta, que foi dividido o trabalho entre várias empresas e que já é um spin off de uma serie ruim. Mas três pilares tornam isso insustentável: péssimas atuações, mal animado que parece que alguém desaposentou o flash! E sendo um suspense terror que não consegue fazer isso em nenhum dos seus episódios! (ao menos os 6 de 13 que vi), ao menos o trailer foi interessante.

2. Gibiate (Crunchyroll)

Segundo o Geoff do Mother´s Basement (aos 34:19 se quiserem saber mais da produção de Gibiate) foi tudo culpa de centrar a integração de todos os que participavam em Ryo Aoki pois nessa produção ele foi co-diretor, supervisor, "criador", compositor de serie e roteirista, além de produtor e com isso o esforço duas das melhores bandas do Japão (SUGIZO e os Yoshida Brothers), a arte do Hideaki Amano e o designer de monstros de Resident Evil conseguiram juntos criar isso aqui... Entre achar que há algo de errado com eles? ou outra coisa? Acho melhor achar que houve algo de muito errado na direção e produção dessa serie. Mas nem em ser o maior do pior Gibiate conseguiu por causa de uma produção que foi pior ainda e com menos vergonha ainda!

1. The Insland of Gigantic Insects Movie/ A Ilha dos Insetos Gigantes (Crunchyroll)

"Vamo" lá! Este filme tenta ser de tudo. Uma parte é filme de desastre, outra tenta ser um horror, outra tenta ser só uma versão mais soft do cine privê (e nem pra isso serve pois o máximo que se tem é um amaço e barulhos sem imagem do contexto) e no fim tenta ser Jurassic Park. É se fosse só isso o problema? Eu estaria feliz é isso nem estaria aqui! Só que tem que se adicionar a péssima animação o tempo todo, os insetos que são uma linha reta com "acessórios" e tem texturas de mármore, junto de algo balançando pra indicar bater de asas e olha que esse filme tem 4 insetos o filme todo!!! E só um anda! Todos os outros voam! Conte também os péssimos takes de sustos e mal dá pra acreditar que isso é da Passione, mas Higurashi (2020) existe é você começa a ver que velhos problemas persistem até hoje a única coisa salvável aqui são as atuações de um elenco estelar japonês de dubladores. Mas o que aumenta ainda mais a ofensa é eles virem num Kickstarter pedindo dinheiro pra melhorar o filme com mais daquele ato com s... e violência! É fracassaram (sendo que eles fizeram um OVA de 20 minutos antes dessa campanha e a "melhora" foi eliminar um efeito de luz de uma cena mais "reveladora", o resto é igual!). A solução? Esperar mais seis meses e tentar de novo pedindo menos grana e me desculpem o termo, acharam 659 idiotas que toparam a empreitada e financiaram a versão mais "gore", com metade do elenco sendo formada por financiadores (era pra ser 70% só que dois papeis ninguém quis pagar!) e com isso conseguiram grana pra lançar em home vídeo, dublar em inglês e além de "removerem" (essa parte vai ser cômica) toda a censura que o Japão impôs e mostrar segundo eles a verdadeira versão do filme. Eu espero estar errado, mas o que vão receber é a mesma coisa só com uma cena fazendo a lição de Peter Grill de casa, pois da edição pro lançamento, isto saiu em menos de quatro meses, isso é muito pouco tempo pra alterar um filme! No máximo editaram os créditos e colocaram as vozes em inglês; o que pelo elenco vai dar um ar ainda mais terrível a esse filme. E por tudo isso e a cara de pau de pedir (duas vezes) mais dinheiro pra "melhorar" o filme. É que isto aqui é o pior anime de 2020! Por larga vantagem.

Fonte: MAL (My Anime List), Crunchyroll, Funimation, Netflix e Youtube

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com