Gliter Force
  • Senryu

Gliter Force

Atualizado: Abr 7

#GliterForce #saban #toei #precure #SmilePrecure #netflix #anime #brasilanimecafe

Originalmente postado no Makai Knights em 03/12/17

Em primeiro lugar me desculpem por tanto tempo sem postagens, não vou me alongar com desculpas mas devo no fim, sim, devo alguma justificativa ao menos!; tive problemas de doença na família, e junto de outros problemas acabei ficando algum tempo fora de casa e de licença no trabalho, na volta a minha vida ficou uma bagunça pra acertar meu dia a dia, mas as coisas estão voltando ao lugar agora.


Então vamos ao assunto deste post que é a franquia Pretty Cure que a TOEI por muitos anos tentou emplacar aqui no ocidente, mas nunca conseguiu diretamente "ir" aos principais mercados como USA e América Latina, daí resolveram apelar para adaptações! inicialmente chegaram até a anunciar (por volta de 2007/2009) que lançariam desde o inicio pela 4Kids, mas os resultados ruins da empresa junto com uma onda de criticas pelas péssimas adaptações da 4Kids, fizeram que com mesmo já anunciando o lançamento! Que fosse cancelada à adaptação (mas já tinham anunciado no mercado de home vídeo dos USA e alguns já tinham feito pré compra) o jeito pra não enfrentar um processo foi após a reestruturação da Bandai Entertainment (que foi fechada é a Bandai/TOEI passaram à revisar série por série os direitos) pra ajeitar as coisas a decisão foi em delegar a distribuição à uma produtora pequena em 2015 que no mesmo ano lançou (então caso não saibam; não foi Glitter Force/Smile Precure! a primeira série da franquia a vir ao ocidente e sim foi Futari Wa Pretty Cure/ Pretty Cure, sem cortes e com as mesmas canções que o original), mas teve um lançamento bem pequeno e só para home vídeo e passou quase desconhecido em todo o mundo, só ganhou mais fama porque a TOEI resolveu se associar a Saban pra trazer a franquia Pretty Cure pro ocidente numa parceria com o Netflix e bom vocês sabem o resultado disso!?


Vão ver melhor nos prós e contras das séries, mas já adianto que a primeira série foi um desastre de tal proporções que fez a TOEI no meio da série seguinte Glitter Doki Doki resolveu re-adquirir a franquia e intervir durante toda a produção nos Estados Unidos de Doki Doki.


Glitter Force/Smile Precure


Anos atrás eu tinha visto esta série original e bem "re-vendo" a versão Saban, bom posso dizer que todo o estrago não é só do que a Saban fez, já adiantando que vou comentar a versão japonesa e americana num só review!, então se preparem pra um monte de parenteses e comentários meio que sobre coisas repetidas...


Foi bom


  • As canções no original eram cativantes e grudavam fácil no ouvido! e na versão americana fizeram um ótimo trabalho de adaptação! Mantendo os mesmos encerramentos em 3d, mas traduzindo as canções e por incrível que pareça nessa série elas não perderam força, ouso dizer que o terceiro encerramento até melhorou em inglês!

  • Na série original se tinha um grande elenco de vozes mas sinceramente só a Misato Fuken (Emily/Miyuki) se destacava do elenco, no Brasil ver esta série dublada? foi um desafio e tanto de se ver! De começo foi dublada em Miami (bom se tem dublagens passáveis de Miami e outras medonhas e bem esta série se encaixa no segundo caso!); mas não devo mentir que teve duas atrizes que entenderam seus papeis desde o começo e deram seu melhor do começo ao fim da série que foram as que fizeram a Kelsey/Akane e Chloe/Reika, mas a péssima dublagem no geral causou um caso nas redes sociais e as criticas serviram pra uma melhora geral na dublagem e numa direção de dublagem melhor na segunda metade, mas não muda o fato que a dubladora da Emily/Miyuki foi muito mal escalada e junto com uma má mixagem de som doía ouvir ela.

  • O episódio 28 (35 na série original) é disparado o mais divertido de toda a série e assistam em português é um dos raros casos de o episódio é tão divertido que contagia o elenco! é disparado um dos melhores dublados.


Foi ruim


  • A lista é longa...; mas vamos começar com o que é culpa da Saban, primeiro com a adaptação de texto!, eles jogaram um monte de coisas pra encobrir "fatos" da cultura Japonesa (entendam mesmo cortando episódios inteiros ligados à coisas da cultura Japonesa como a Golden Week/Semana das crianças, festival de ano novo entre outros episódios cortados; eles não cortaram episódios como a semana cultural e o festival escolar que foram normalmente ao ar?) e não parou por aí várias termologias da série foram modificadas para dar um ar mais de Power Rangers e no fim isso pegou muito mal!

  • Já falei que dublar em Miami não foi definitivamente boa ideia? salvo uns raros achados o elenco em geral foi terrível!

  • A série original já sofria do problema de não saber onde se focar, pois o tema central eram contos de fada, mas em paralelo as histórias da série se focavam em questões de pré adolescentes; então em vários momentos vendo o original já não sabia se focava em crianças ou adolescentes? É a Saban deixando o texto mais infantil? acabou piorando as coisas!

  • 40 episódios me pareceram uma eternidade (e detalhe que ainda teve 8 episódios cortados!); mesmo a média de 45/50 episódios da franquia faz ela sofrer normalmente de gigantismo, então cortar editar alguns episódios pra deixar a trama mais enxuta; eu acho preferível! (minha opinião pessoal), então dá pra entende a "necessidade" de cortar/não cortar algo; mas o real problema foi como foram feitos os cortes!, os cortes saíram de qualquer jeito por parte da Saban e não serviram para simplificaram a trama!; serviram mais pra cortar referências da cultura Japonesa e quando não puderam cortar? pois o episódio era importante pra trama?, tentaram de um modo embaraçoso esconder a referência!, o que tornou o remendo pior que o "soneto"!

  • A dubladora da Emily/Miyuki era insuportável na primeira metade da série é isso vindo de uma protagonista é terrível pra série em si!; ela melhorou muito na segunda temporada, mas me criou a péssima mania de abaixar o som da TV toda vez que via a cara da personagem dela na TV!

  • O final da série já não é dos melhores, ainda mais forçado com um dos piores grupos de vilões; as Bad End Pretty Cure (o grupo tão genérico e tão tolo que só serviu pra tornar as heroínas mais fortes!) é adicione os termos e a dublagem da Saban só deixou as coisas ainda piores!


Conclusão


Se o povo estava temeroso com a adaptação da Saban, bom eles foram capazes de realizar os piores medos de uma só vez!; não vou ser idiota ou um odiador (hater) e negar o que fizeram de legal que foram as canções e ao menos tentar reduzir o número de episódios.


Mas de uma série mediana (eu daria nota 6 ao original, tem algumas personagens fora do comum do mahou shoujo como a April/Nao e a Kelsey/Akane (coisa que te ajuda a ver à série!); mas no geral a série já era fraca e nada memorável; mas e agora com o "plus" do trabalho da Saban!? bom pode parecer uma nota injusta pois se nota um esforço em melhorar na segunda metade!; mas pra mim tem que se ver o geral da série e eu daria pra isso uma nota 3! A primeira metade; salvo alguns personagens; posso dizer que a Saban a tornou uma tortura de se ver! foi um espetáculo insuportável de se ver e ouvir pra mim e dou toda a razão aos vários movimentos pra que trouxessem as outras séries de Pretty Cure por outra distribuidora! Mas a Saban tinha a licença pra duas séries além da opção de poder usar qualquer série da franquia e não teria medo de usa-la!


Se querem uma recomendação passem longe de Glitter Force! (não tem relação com Doki Doki), mas se realmente quiserem ver na melhor "glória"?, procure e assista Smile Precure! mas sinceramente tem coisas melhores de mahou shoujo pra ver se ver por aí!

Disponível no Netflix! (dublado ou legendado em português)

Definitivamente não são os Power Rangers! Onde está o "memorando" disso pra Saban?
Pode chorar a vontade garota! Você foi muito mal tratada no ocidente em especial no Brasil...

Trailer

Você sabe que as coisas foram de mal a pior quando o trailer é cortado de todas as fontes oficiais....(agradecendo à Jessica Winx por manter esta "perola" viva).

Links Úteis

Site oficial Glitter Force/Smile Precure! (em japonês)

Wikipedia em inglês de Glitter Force

Lista de episódios de Glitter Force e Smile Precure! (em inglês é uma lista excelente pois coloca os exatos episódios cortados é o ponto pra assistir!)

0 visualização

©2019 por brasilanimecafe. Orgulhosamente criado com Wix.com